icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!/RADAR
04/02/2015
20:33

Friburguense e Macaé se enfrentam amanhã, no estádio Eduardo Guinle, em partida com início marcado para as 19h30, pela segunda roda do Campeonato Carioca 2015. Enquanto o Friburguense tenta pontuar pela primeira vez nessa competição (já que iniciou com um derrota por 2 a 1 para o Fluminense), o Macaé tenta subir na tabela, uma vez que tem apenas um ponto, obtido em um empate por 1 a 1 com o Flamengo.

Para a partida de amanhã, o Macaé terá à disposição mais dois jogadores: os meio-campos Eberson e Fernando Santos. Enquanto o primeiro teve seu contrato regularizado, o segundo teve sua pena de dois jogos de suspensão convertida em cestas básicas. A conversão foi obtida após o Macaé entrar com um pedido no TJD-RJ (Tribunal de Justiça Desportiva do Rio). O campeão brasileiro da série C espera ainda poder contar com mais dois atletas para o jogo: o zagueiro Brinner e o lateral-direito Max, que foram contratados por empréstimo e precisam ter contrato regularizado.

E MAIS:
> Bangu vence o Bonsucesso por 2 a 0 e conquista primeira vitória no Carioca 2015 

Já o Friburguense vai poder reencontrar-se com sua torcida, uma vez que, há quase três meses o time não joga no Eduardo Guinle. Na última partida no estádio, o dono da casa venceu o Resende por 1 a 0, em jogo válido pela semi-final da Copa Rio, quando 300 pessoas compareceram para apoiar o time.

O Tricolor da Serra, aliás, conseguiu números até melhores que esse no estadual de 2014. Ao todo, compareceram 7.658 torcedores aos jogos em que o time teve mando de campo, o que representa uma média de 510 por partida. Entre os times de menor investimento, apenas Cabofriense, Macaé e Nova Iguaçu registraram médias melhores, sendo que Cabofriense e Nova Iguaçu mandaram jogos contra grandes em estádios neutros.