icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/12/2013
20:00

Campeão do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro luta para não perder seus grandes jogadores do time titular, tudo para tentar o tricampeonato da Libertadores. E, diante de especulações de venda de atletas, principalmente uma possível saída de Everton Ribeiro para o Manchester United, o diretor Alexandre Mattos foi firme ao dizer que o time celeste não é 'barriga de aluguel'.

- O Cruzeiro sempre foi uma vitrine, mas não será barriga de aluguel, existe diferençe, é atrativo para o jogador vir, mas se o jogador acha que vai passar aqui e depois ir embora, não serve para o clube. O jogador respeita o Cruzeiro, sabe da vitrine e isso serva como uma vantagem financeira - afirmou o diretor, à Rádio Itatiaia.

De acordo com o Daily Mail, da Inglaterra, Everton Ribeiro seria negociado por volta de 46 milhões de reais. Contudo, apesar da oferta bastante alta, a diretoria da Raposa só quer vender o jogador após a Libertadores. Contudo, em ano de Copa do Mundo, o torneio só acabará em agosto, o que pode esfriar o interesse do clube inglês.