icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/07/2013
23:25

O atacante Fred mostrou convicção ao dizer que permanecerá no Fluminense. Habituado à vida no Rio de Janeiro e cada vez mais idolatrado nas Laranjeiras, o camisa 9 disse ao "SporTV" que só não ficará caso o próprio Tricolor deseje sua saída por alguma necessidade.

- Vou ficar. Só saio se o Celso (Barrros, presidente da Unimed, patrocinadora do clube) ou o Peter (Siemsen, presidente do Fluminense) falarem que chegou alguma coisa muito boa e que eu vou acabar atrapalhando o Fluminense se permanecer. Estou muito feliz aqui - afirmou.

No Fluminense desde 2009, o jogador criou uma relação de carinho por todos na instituição. Para a final da Copa das Confederações, contra a Espanha, o atacante comprou mais de 40 ingressos para as pessoas próximas ao departamento de futebol e fez questão de presentear principalmente os mais humildes. O jogador ficou visivelmente emocionado ao falar do Tricolor.

- Quando falo da galera do Fluminense fico emocionado. Tenho uma história muito bonita no clube e o mais legal é que é uma coisa verdadeira de amizade com todos os funcionários, a galera que limpa, massagista, só posso dizer obrigado por tudo. Fiquei muito feliz de todo mundo ter comparecido para nos apoiar no Maracanã - agradeceu.

O atacante Fred mostrou convicção ao dizer que permanecerá no Fluminense. Habituado à vida no Rio de Janeiro e cada vez mais idolatrado nas Laranjeiras, o camisa 9 disse ao "SporTV" que só não ficará caso o próprio Tricolor deseje sua saída por alguma necessidade.

- Vou ficar. Só saio se o Celso (Barrros, presidente da Unimed, patrocinadora do clube) ou o Peter (Siemsen, presidente do Fluminense) falarem que chegou alguma coisa muito boa e que eu vou acabar atrapalhando o Fluminense se permanecer. Estou muito feliz aqui - afirmou.

No Fluminense desde 2009, o jogador criou uma relação de carinho por todos na instituição. Para a final da Copa das Confederações, contra a Espanha, o atacante comprou mais de 40 ingressos para as pessoas próximas ao departamento de futebol e fez questão de presentear principalmente os mais humildes. O jogador ficou visivelmente emocionado ao falar do Tricolor.

- Quando falo da galera do Fluminense fico emocionado. Tenho uma história muito bonita no clube e o mais legal é que é uma coisa verdadeira de amizade com todos os funcionários, a galera que limpa, massagista, só posso dizer obrigado por tudo. Fiquei muito feliz de todo mundo ter comparecido para nos apoiar no Maracanã - agradeceu.