icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/02/2015
00:58

Realmente a edição de estreia do UFC em Porto Alegre não foi nada boa para os brasileiros. Após os atletas locais levaram desvantagem na maioria das lutas do evento, com seis reveses em nove combates, no duelo principal, Frank Mir nocauteou Antonio Pezão ainda no primeiro round para somar mais uma derrota para a conta: a sétima no show, recorde negativo em um evento realizado no país.

Após ambos estudarem no início do confronto, com Pezão mais estático e Mir se movimentando mais, o americano decidiu tomar a iniciativa, partiu para o ataque e logo acertou um direto no brasileiro, que o derrubou. Com o atleta tupiniquim no chão e e não conseguindo se levantar, o ex-campeão do Ultimate partiu com tudo, para não deixar a chance escapar e martelou, até a interrupção do árbitro.

Com esse resultado, Mir interrompe a série de quatro derrotas seguidas na organização. Já Pezão agora fica em situação delicada, com três reveses seguidos, tirando o No Contest diante de Mark Hunt. O atleta tupiniquim não vence na franquia desde fevereiro de 2013, quando bateu Overeem.

Card principal:
Frank Mir derrotou Antonio Pezão por nocaute no 1R
Michael Johnson derrotou Edson Barboza por decisão unânime dos jurados
Sam Alvey derrotou Cezar Mutante por nocaute técnico no 1R
Adriano Martins derrotou Rustam Khabilov por decisão dividida dos jurados
Frankie Saenz derrotou Iuri Marajó por decisão unânime dos jurados
Santiago Ponzinibbio derrotou Sean Strickland por decisão unânime dos jurados
Card preliminar
Marion Reneau finalizou Jéssica Bate-Estaca por triângulo no 1R
Matt Dwyer derrotou William Patolino por nocaute no 1R
Mike de la Torre derrotou Tiago Trator por nocaute técnico no 1R
Douglas D'Silva derrotou Cody Gibson por decisão unânime dos jurados
Ivan Batman derrotou Josh Shockley por decisão unânime dos jurados