icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/07/2013
10:21

A primeira finalista de Wimbledon é francesa. Nesta quinta-feira, na quadra central de Londres, a tenista Marion Bartoli, 15ª colocada no ranking, venceu a belga Kristen Flipkens (20ª) por 2 sets a 0, com parciais de 6-1 e 6-2.

A tenista francesa, de 28 anos, vai ter mais uma oportunidade de tentar vencer o seu primeiro Grand Slam. Em 2007, ela atingiu sua única final em Wimbledon e foi vice-campeã após perder para Venus Williams. Na decisão, ela aguarda pela vencedora do duelo entre Agnieska Radwanska (4ª) e Sabine Lisicki (24ª).

- Eu relamente não posso acreditar no que está acontecendo. Eu joguei muito bem. Deve ser difícil para ela (Flipkens) se machucar na semifinal, mas ela merece todo o respeito pelo jogo que fez - disse Bartoli após o jogo, referindo-se às dores que a rival sentiu no joelho durante todo o jogo.

Bartoli foi superior no início, com uma quebra de serviço logo no segundo game do primeiro set de jogo. Com uma nova quebra no sexto game, a francesa desestabilizou Flipkens e sacou para vencer a parcial por 6-1 com um ace no último ponto.

No segundo set, Bartoli se manteve no comando e quebrou o serviço de Flipkens duas vezes para abrir 3-0. A belga então voltou a pedir atendimento médico por conta de dores no joelho direito.

Com a proteção no joelho retocada, Flipkens retornou devolvendo bem o saque de Bartoli e conseguiu sua primeira quebra no jogo para diminuir para 3-1. No momento em que poderia embalar, porém, a belga sacou mal e permitiu que francesa fizesse 4-1.

Com o jogo nas mãos, Bartoli sobrou em quadra e venceu o sexto game sem perder nenhum ponto. Faltava, portanto, apenas um game para comemorar a classificação. Flipkens tentou dificultar, vencendo o set seguinte também sem perder pontos, mas a francesa serviu bem para fechar a parcial em 6-2 e dar números finais ao jogo.

A primeira finalista de Wimbledon é francesa. Nesta quinta-feira, na quadra central de Londres, a tenista Marion Bartoli, 15ª colocada no ranking, venceu a belga Kristen Flipkens (20ª) por 2 sets a 0, com parciais de 6-1 e 6-2.

A tenista francesa, de 28 anos, vai ter mais uma oportunidade de tentar vencer o seu primeiro Grand Slam. Em 2007, ela atingiu sua única final em Wimbledon e foi vice-campeã após perder para Venus Williams. Na decisão, ela aguarda pela vencedora do duelo entre Agnieska Radwanska (4ª) e Sabine Lisicki (24ª).

- Eu relamente não posso acreditar no que está acontecendo. Eu joguei muito bem. Deve ser difícil para ela (Flipkens) se machucar na semifinal, mas ela merece todo o respeito pelo jogo que fez - disse Bartoli após o jogo, referindo-se às dores que a rival sentiu no joelho durante todo o jogo.

Bartoli foi superior no início, com uma quebra de serviço logo no segundo game do primeiro set de jogo. Com uma nova quebra no sexto game, a francesa desestabilizou Flipkens e sacou para vencer a parcial por 6-1 com um ace no último ponto.

No segundo set, Bartoli se manteve no comando e quebrou o serviço de Flipkens duas vezes para abrir 3-0. A belga então voltou a pedir atendimento médico por conta de dores no joelho direito.

Com a proteção no joelho retocada, Flipkens retornou devolvendo bem o saque de Bartoli e conseguiu sua primeira quebra no jogo para diminuir para 3-1. No momento em que poderia embalar, porém, a belga sacou mal e permitiu que francesa fizesse 4-1.

Com o jogo nas mãos, Bartoli sobrou em quadra e venceu o sexto game sem perder nenhum ponto. Faltava, portanto, apenas um game para comemorar a classificação. Flipkens tentou dificultar, vencendo o set seguinte também sem perder pontos, mas a francesa serviu bem para fechar a parcial em 6-2 e dar números finais ao jogo.