icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/07/2013
17:45

O Uruguai fez a sua segunda disputa de pênaltis seguida no Mundial Sub-20, sendo que neste sábado foi na final, em Istambul, e perdeu para a França. No confronto final, a Celeste foi derrotada graças a Areola, que pegou duas cobranças. O país já tinha este título das categorias Sub-17 e profissional, em 1998.

França teve mais posse de bola, mas o Uruguai produziu as melhores chances da partida. O problema é que a pontaria não estava tão bem assim, e os dois goleiros, Areola e De Amores, brilharam.

O jogo acabou indo para a prorrogação, aonde continuou no mesmo ritmo. As oportunidades uruguaias vinham em contra-ataques, enquanto os franceses comandavam o meio-campo, principalmente com Pogba, da Juventus.Sem gols, a partida acabou indo mesmo para os pênaltis.

Na disputa de pênaltis, brilhou a estrela de Areola. Pegou as cobranças de Velazquez e Arrascaeta. Pogba, Veretout, Ngando e Foulquier converteram e garantiram o título francês.

Mais cedo, também no Türk Telekom Arena, Gana goleou o Iraque, sensação do torneio e que alcançou sua melhor posição em um torneio da Fifa, por 3 a 0, e ficou na terceira posição. Attamah, Assifuah e Acheampong marcaram.

O Uruguai fez a sua segunda disputa de pênaltis seguida no Mundial Sub-20, sendo que neste sábado foi na final, em Istambul, e perdeu para a França. No confronto final, a Celeste foi derrotada graças a Areola, que pegou duas cobranças. O país já tinha este título das categorias Sub-17 e profissional, em 1998.

França teve mais posse de bola, mas o Uruguai produziu as melhores chances da partida. O problema é que a pontaria não estava tão bem assim, e os dois goleiros, Areola e De Amores, brilharam.

O jogo acabou indo para a prorrogação, aonde continuou no mesmo ritmo. As oportunidades uruguaias vinham em contra-ataques, enquanto os franceses comandavam o meio-campo, principalmente com Pogba, da Juventus.Sem gols, a partida acabou indo mesmo para os pênaltis.

Na disputa de pênaltis, brilhou a estrela de Areola. Pegou as cobranças de Velazquez e Arrascaeta. Pogba, Veretout, Ngando e Foulquier converteram e garantiram o título francês.

Mais cedo, também no Türk Telekom Arena, Gana goleou o Iraque, sensação do torneio e que alcançou sua melhor posição em um torneio da Fifa, por 3 a 0, e ficou na terceira posição. Attamah, Assifuah e Acheampong marcaram.