icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/02/2015
19:40

Em 2014, a lateral-direita do Vasco foi uma incógnita. Com André Rocha começando a temporada, que depois perdeu a vaga para Carlos César, a posição era carente e inconstante, sendo um dos pontos fracos da equipe no ano passado. Na temporada atual, Nei é opção mais experiente e Jean Patrick, que está lesionado, começou a temporada. Apesar da forte concorrência, o titular Madson, que chegou do Bahia para reforçar o Cruz-Maltino em 2015,  não se vê mais pressionado a manter boas atuações.

- Levo na boa. O Jean Patrick jogou em Manaus, mas antes do Carioca o Doriva já tinha me dado oportundiade de ser titular. Tem o Nei, que é experiente, eu sempre via jogando na base, no início do profiossional, já rodou em varios clubes, espero agarrar ela e continuar no time do Vasco - comentou o lateral.

Na gestão de Roberto Dinamite, após o Vasco ser rebaixado para a segunda divisão, em 2013, Nei ficou o ano de 2014 inteiro afastado da equipe, treinando separado do elenco cruz-maltino. Em 2015, o jogador foi reintegrado pela comissão técnica do treinador Doriva, mas parece ser a terceira opção para a posição.

A briga com Madson, pela posição, fica por conta de Jean Patrick, que apresentou bom futebol no torneio Super Series, mas acabou fraturando o tornozelo esquerdo, na semana passada, e ficará parado por cerca de três meses.

Ganhando oportunidade desde o começo do Carioca, Madson segue na lateral-direita do time que enfrentará o Tigres, no estádio Los Larios. A partida se iniciará às 19h30, válida pela terceira rodada do Estadual.