icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/11/2013
18:59

Jogador gosta de jogar. Tal mantra carrega uma verdade que pouco muda com o passar dos anos no futebol. Diego Forlán não é diferente. O atacante, que desabafou na manhã desta quarta-feira, no CT do Parque Gigante, contra as críticas, também falou sobre seu futuro. Disse que é muito feliz em Porto Alegre e no Internacional, mas admitiu que está chateado por não jogar. E, como diz o bordão dos jogadores, eles gostam é de jogar.

O uruguaio não tem recebido oportunidades. Nas últimas duas partidas, sequer entrou. Depois perdeu jogos por conta da Seleção uruguaia. Jogou com Clemer em três oportunidades: Fluminense, Grêmio e Atlético-PR.

- Sempre se fica chateado, porque jogador gosta de jogar. Ajudar o time. Jogar futebol é o mais bonito que tem. Mas é do futebol. Não é a primeira vez, na seleção também, pela situação que eu machuquei. Nos últimos jogos, voltei da lesão, e não tive oportunidade. Acontecem momentos que tem que trabalhar muito mais - comentou o uruguaio.

Por conta dessa ausência nas últimas partidas, o futuro de Forlán apareceu em aberto. O jogador, que é vice-artilheiro do Inter no ano, com 17 gols, não marca desde o jogo com o Salgueiro, pela Copa do Brasil. Recebeu poucas oportunidades desde então. Mas agora, à disposição, não foi o escolhido por Clemer nas últimas partidas. Se diz bem no Inter, mas que quer jogar.

- No ano que vem, tenho contrato e estou muito feliz aqui. É um time que gosto muito, estou há um ano e meio aqui, a cidade é muito bonita. A verdade é que você gosta de jogar, faz o sacrifício, no início da carreira, fiz o sacrifício para jogar. Seja bonita ou feia a cidade, gostamos de jogar. Eu gosto de jogar. Mas gostaria de ficar aqui - completou o camisa 7 colorado.

Forlán desfalcará o Inter nas próximas três partidas. Fica fora dos duelos com Botafogo, Atlético-MG e Goiás para enfrentar a Jordânia com o Uruguai pela repescagem para a Copa do Mundo.