icons.title signature.placeholder LANCE!PRESS!
10/02/2015
15:46

O Corinthians e o empresário Carlos Leite - como revelou o LANCE!Net no último dia 7 de fevereiro - negociam a venda do zagueiro Gil para um clube da Europa na janela de transferências do meio do ano.

Um dos principais jogadores e líderes do elenco alvinegro, o camisa 4 falou em entrevista exclusiva sobre a chance de se despedir no meio do ano. Ressaltou que está feliz e focado no clube, que gostaria de ficar e conquistar títulos, mas deixou aberta a possibilidade de transferência.

- Minha cabeça está boa, totalmente voltada para o trabalho no Corinthians. Desde o ano passado, eu tenho propostas, mas mantenho a cabeça no Corinthians. Se tiver que acontecer alguma coisa, vai ser entre meu empresário e o Corinthians. Eu fico com a cabeça aqui. Tudo pode acontecer, mas estou feliz no Corinthians, minha família está feliz em São Paulo... Eu procuro me dedicar cada dia mais ao clube. Se for acontecer alguma coisa boa para o Corinthians ou para mim, que a gente possa sentar e conversar. Mas meu pensamento é aqui, não penso em sair tão cedo. Mas a gente sabe que no futebol as coisas são muito dinâmicas. Pretendo ganhar títulos esse ano com o novo grupo. Estou feliz aqui - disse o jogador ao LANCE!Net, em entrevista concedida no hotel de Manizales (COL), onde o Corinthians enfrenta o Once Caldas nesta quarta-feira, pela Libertadores.

FOTO: Reginaldo Castro

A proposta que deve ser oficializada por um clube alemão em breve gira em torno de 7 milhões de euros (R$ 22 milhões). Com 90% dos direitos econômicos do jogador, o Timão ficaria com cerca de R$ 19,8 milhões. Em crítica situação financeira, o clube prevê que a venda de um jogador possa aliviar os cofres nesta temporada. No último domingo, após o clássico contra o Palmeiras, o recém-eleito presidente alvinegro Roberto de Andrade confirmou a chance de venda de um jogador no meio do ano, mas despistou que já houvesse alguma proposta.

- A gente pode perder alguém, nunca sabe. A gente pode perder alguém no meio do ano, que é uma janela mais agitada. Pode ser o Gil, mas também tem outros que chamam atenção no futebol do mundo inteiro. Mas ainda não existe nada - disse Andrade, na zona mista do Allianz Parque.

Gil também afirma que, para ele, não há nenhuma oferta em mãos. Em julho do ano passado, ele recebeu aumento salarial e renovou o contrato até o fim de 2018. Em 2011, ele acabou vendido do Cruzeiro para o Valenciennes (FRA), pelo qual teve passagem traumática.

- Para mim, não chegou nada ainda. Para o meu empresário, também não. Renovei meu contrato ano passado, estou focado 100% aqui. Se for para sair, tem que ser uma coisa muito boa. Naquela época (primeira ida para a Europa), eu tinha 23 anos, foi outra situação. Mas estou focado aqui, penso em fazer o melhor aqui. Se for alguma coisa boa para mim e para o Corinthians, que eu saia por cima. Só quero jogar o meu futebol - concluiu o zagueiro.