icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/07/2013
10:03

Cercado de polêmicas, Fluminense e Vasco vão, enfim, entrar em campo. Neste domingo, às 18h30, os dois times voltam ao Maracanã com as torcidas em lados opostos. Os vascaínos terão que entrar pela rampa do Bellini, enquanto os tricolores vão passar a entrar pela UERJ.

E a promessa é de casa cheia. O estádio vai receber um ótimo público neste domingo para o que marcará a reabertura do Maracanã para os clubesa. Ao todo, foram vendidos mais de 63 mil ingressos contando os setores destinados ao Fluminense, ao Vasco e ao Consórcio.

ABEL FAZ APENAS UMA MUDANÇA NO FLUMINENSE

Para o clássico de domingo, a única mudança no Fluminense é a entrada de Deco no time titular. O atacante Rhayner deve perder a vaga. Com o meia de volta, Wágner deve passar a jogar mais pela esquerda e o camisa 20 mais centralizado. Rafael Sobis fica pela direita completando o quarteto de ataque com Fred.

Sobre a volta, o mago mostrou que está muito feliz por poder ajudar o time. Para o jogador, poder atuar desde o início faz diferença, já que ele pode participar mais e sentir o jogo e não ter que entrar para mudar a partida, como tem acontecido nos últimos jogos.

- Quando você joga como titular, você olha de outra forma, não é como entrar perdendo, tendo que mudar a partida, é complicado. Entrando de início, eu consigo ajudar mais e isso é importante, eu estava precisando disso, tenho treinado bem, é natural que a confiança do Abel aumente para me escalar - disse.

Nos dois últimos treinos do time na semana, o técnico Abel Braga focou nas bolas paradas. Com Juninho reestreando pelo outro lado, o treinador teve muito cuidado com a defesa na sexta-feira e neste sábado trabalhou muito as jogadas ensaiadas.

Três anos de mudanças em Vasco e Flu marcam volta ao Maraca


DORIVAL QUER DAR NOVA CARA AO VASCO

O técnico Dorival Júnior quer dar uma nova cara ao Vasco. Em sua segunda partida à frente do cruz-maltino, o treinador fez algumas alterações na equipe que encarou o Flamengo, partida que marcou sua estreia no comando do time de São Januário.

O time sofreu três mudanças em relação à equipe que enfrentou o Rubro Negro. O jovem Henrique entra na lateral-esquerda. Com isso, Wendel volta para o meio e Fellipe Bastos é sacado do time. A alteração mais significativa é marcada pela presença de Juninho, que entrou na vaga de Alisson, na armação das jogadas.

Sobre o posicionamento do Reizinho, Dorival Júnior contou que quer o camisa 8 jogando livre, sem se preocupar com a marcação.

- Quero dar um pouco mais de liberdade para o Juninho, que se aproxima muito bem, tem o passe final. Não podemos exigir mais dele aquele posicionamento defensivo. Quero ele um pouco adiantado, não quero ele de costas - detalhou o técnico.

Dorival explicou que ao longo da primeira semana de atividades de Juninho em sua volta ao Vasco, foi feito um trabalho especial:

- Tivemos todo o cuidado possível ao longo da semana. Intensificamos os trabalhos no início e tiramos um pouco o pé ao fim dela, para que o Juninho possa participar o maior número de minutos possíveis.


FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X FLAMENGO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 21/7/2013 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés e Luiz Antônio Muniz de Oliveira

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Digão e Carlinhos; Edinho, Jean, Wágner e Deco; Rafael Sobis e Fred - Técnico: Abel Braga

VASCO:  Diogo Silva, Nei, Renato Silva, Rafael Vaz e Henrique; Sandro Silva, Wendel, Pedro Ken e Juninho; Eder Luis e André Técnico: Dorival Júnior.

Cercado de polêmicas, Fluminense e Vasco vão, enfim, entrar em campo. Neste domingo, às 18h30, os dois times voltam ao Maracanã com as torcidas em lados opostos. Os vascaínos terão que entrar pela rampa do Bellini, enquanto os tricolores vão passar a entrar pela UERJ.

E a promessa é de casa cheia. O estádio vai receber um ótimo público neste domingo para o que marcará a reabertura do Maracanã para os clubesa. Ao todo, foram vendidos mais de 63 mil ingressos contando os setores destinados ao Fluminense, ao Vasco e ao Consórcio.

ABEL FAZ APENAS UMA MUDANÇA NO FLUMINENSE

Para o clássico de domingo, a única mudança no Fluminense é a entrada de Deco no time titular. O atacante Rhayner deve perder a vaga. Com o meia de volta, Wágner deve passar a jogar mais pela esquerda e o camisa 20 mais centralizado. Rafael Sobis fica pela direita completando o quarteto de ataque com Fred.

Sobre a volta, o mago mostrou que está muito feliz por poder ajudar o time. Para o jogador, poder atuar desde o início faz diferença, já que ele pode participar mais e sentir o jogo e não ter que entrar para mudar a partida, como tem acontecido nos últimos jogos.

- Quando você joga como titular, você olha de outra forma, não é como entrar perdendo, tendo que mudar a partida, é complicado. Entrando de início, eu consigo ajudar mais e isso é importante, eu estava precisando disso, tenho treinado bem, é natural que a confiança do Abel aumente para me escalar - disse.

Nos dois últimos treinos do time na semana, o técnico Abel Braga focou nas bolas paradas. Com Juninho reestreando pelo outro lado, o treinador teve muito cuidado com a defesa na sexta-feira e neste sábado trabalhou muito as jogadas ensaiadas.

Três anos de mudanças em Vasco e Flu marcam volta ao Maraca


DORIVAL QUER DAR NOVA CARA AO VASCO

O técnico Dorival Júnior quer dar uma nova cara ao Vasco. Em sua segunda partida à frente do cruz-maltino, o treinador fez algumas alterações na equipe que encarou o Flamengo, partida que marcou sua estreia no comando do time de São Januário.

O time sofreu três mudanças em relação à equipe que enfrentou o Rubro Negro. O jovem Henrique entra na lateral-esquerda. Com isso, Wendel volta para o meio e Fellipe Bastos é sacado do time. A alteração mais significativa é marcada pela presença de Juninho, que entrou na vaga de Alisson, na armação das jogadas.

Sobre o posicionamento do Reizinho, Dorival Júnior contou que quer o camisa 8 jogando livre, sem se preocupar com a marcação.

- Quero dar um pouco mais de liberdade para o Juninho, que se aproxima muito bem, tem o passe final. Não podemos exigir mais dele aquele posicionamento defensivo. Quero ele um pouco adiantado, não quero ele de costas - detalhou o técnico.

Dorival explicou que ao longo da primeira semana de atividades de Juninho em sua volta ao Vasco, foi feito um trabalho especial:

- Tivemos todo o cuidado possível ao longo da semana. Intensificamos os trabalhos no início e tiramos um pouco o pé ao fim dela, para que o Juninho possa participar o maior número de minutos possíveis.


FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X FLAMENGO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 21/7/2013 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés e Luiz Antônio Muniz de Oliveira

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Digão e Carlinhos; Edinho, Jean, Wágner e Deco; Rafael Sobis e Fred - Técnico: Abel Braga

VASCO:  Diogo Silva, Nei, Renato Silva, Rafael Vaz e Henrique; Sandro Silva, Wendel, Pedro Ken e Juninho; Eder Luis e André Técnico: Dorival Júnior.