icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/02/2015
19:10

Foi sofrido e com inúmeras chances perdidas, mas o Fluminense conseguiu sair com a vitória do jogo deste domingo, contra o Bangu, que marcou a estreia da equipe no Maracanã em 2015. Tudo isso graças ao garoto Robert, que saiu do banco para desempatar a partida, com um belo gol: 2 a 1. Fred abriu o placar e travou um duelo contra o goleiro Márcio, que fez ótimas defesas no decorrer dos 90 minutos.

Com o resultado, o Tricolor chegou aos nove pontos no Campeonato Carioca, com 100% de aproveitamento. Na próxima quinta-feira, às 17h, a equipe terá o compromisso contra o Boavista, em Bacaxá. Com quatro pontos, o Bangu enfrenta o Botafogo, na quarta, em Los Larios.
 
Como era a primeira vez do Flu no Maraca, a torcida compareceu em bom número. Pensando em agradá-los, o time começou com tudo, partindo para cima do Bangu. Logo aos quatro minutos, Fred quase abriu o placar, após boa jogada de Lucas Gomes. Após o susto, o Alvirrubro recuou e conseguiu segurar o Tricolor, mas não por muito tempo.
 
Aos 22, Wellington Silva, que entrou bem e mostrou que não pode ser reserva, cruzou para área, a defesa banguense não conseguiu cortar e Fred não perdoou. De primeira, ele botou a bola no cantinho, sem chances para o goleiro Márcio.

E MAIS
> Confira, minuto a minuto, com foi a vitória do Fluminense
> ATUAÇÕES: Goleiro do Bangu se destaca e evita goleada do Fluminense
> Artilheiro do Novo Maraca, Fred comemora: 'Estou muito feliz'
> Apesar do sufoco, Cristovão afirma: 'Estávamos preparados'


Após o gol, o Fluminense passou a administrar a partida, mas ainda chegava algumas vezes na área. E foi aos 41 que as chances perdidas, que quase custaram caro, começaram a aparecer. Após novo cruzamento de Wellington Silva, Fred subiu livre e perdeu grande oportunidade de ampliar o marcador.


 Fred abriu o placar para o Tricolor no Maracanã (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!Press)

Na segunda etapa, Cristovão mexeu no time por, segundo ele, questões de ordem tática. Victor Oliveira e o apagado Lucas Gomes deixaram o campo de jogo para as entradas de Guilherme Mattis e Robert. Com mais segurança na defesa e velocidade do meio para frente, o time ganhou mais força para poder atacar. Mas foi o Bangu que apareceu primeiro.

Aos três minutos, Almir cobrou falta na cabeça de Luis Felipe, que botou a bola no fundo do barbante. Mas o árbitro, erradamente, marcou impedimento e anulou o tento.


 
Aos 19 e aos 23, Marlone, outro que mostrou que não pode ser reserva, perdeu grandes chances. Um minuto depois, Fred parou no goleiro do Bangu. O castigo veio aos 29. Almir cobrou falta com efeito incrível e deixou tudo igual.
 
Aos 39, quando já não parecia mais ter forças, o Fluminense contou com o brilho de um jovem para sair com a vitória. Jean deu ótima bola para Robert, que invadiu e área e tocou por cima de Márcio. Golaço e três pontos garantidos para o Flu.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE 2 X 1 BANGU


FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Victor Oliveira (G.Mattis - Intervalo), Henrique e Giovanni; Edson, Jean, Lucas Gomes (Robert - Intervalo) e Marlone; Vinícius (Walter 32’/2º T ) e Fred. Técnico: Cristovão Borges.

BANGU: Márcio; Iago, Sérgio Raphael, Luíz Felipe e Guilherme; Ives, Magno, Paulinho Fernandes (M. Vinicius - Intervalo) e Almir; Matheus Pimenta (Anderson 36’/2º T ) e Wendel (Bruno Luiz - Intervalo) Técnico: Mário Marques.

Local: Maracanã (RJ)
Data: 8 de fevereiro de 2015, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Gramado:  Excelente
Árbitro: Philip Georg Bennett
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia, Daniel de Oliveira Alves Pereira e Rafael Martins de Sá
Público/Renda: pagantes 13.284 /R$ 306.275,00
Cartões amarelos:  Wellington Silva, Henrique e Edson (FLU) Sérgio Raphael (BAN)
Gols: Fred (22’/1ºT); Almir (29’/2ºT); Robert (39'/2ºT)