icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/07/2014
07:14

O técnico Cristovão Borges testou uma nova alternativa tática no treinamento realizado na manhã de ontem nas Laranjeiras e que pode vir a ser utilizada já neste domingo, contra o Atlético-PR, em Curitiba. Na atividade, o volante colombiano Valencia entrou na equipe e formou o meio de campo ao lado de Jean, Cícero, Wágner e Conca. Ao analisar o contexto atual, é possível imaginar que Walter possa deixar o time para que o Flu atue num 4-5-1, cenário no qual não haverá atacante fixo e apenas Rafael Sobis mais adiantado.

Além do citado treinamento, a especulação é viável em decorrência do desempenho do próprio Walter nos últimos jogos. Substituído no intervalo das duas partidas que ocorreram desde o retorno do Campeonato Brasileiro após a disputa da Copa do Mundo, ele admitiu não estar no melhor momento. Além disso, o preparador físico do Tricolor, Rodrigo Poletto, confirmou que Walter está num nível físico abaixo dos demais atletas.

Nos confrontos contra Criciúma e Santos, Cristovão mostrou ter ficado incomodado com uma certa falta de agressividade da equipe sem a bola e também de profundidade quando tinha a posse. Situação que foi resolvida apenas na segunda etapa contra o Alvinegro Praiano, quando o Fluminense conseguiu se impor.

É importante salientar que Cristovão ainda não definiu o time. O treino realizado foi apenas um ensaio. No entanto, com Valencia, Cícero e Jean podem ter mais liberdade. Hoje existe uma dúvida e ao menos, com o elenco atual, existem mais possibilidades para o Tricolor atuar.