icons.title signature.placeholder Marcello Vieira e Matheus Babo
icons.title signature.placeholder Marcello Vieira e Matheus Babo
17/07/2013
13:04

O Fluminense voltará ao Maracanã no próximo domingo, no clássico contra o Vasco. Para esquentar o reencontro da torcida tricolor com o Maracanã, o LANCE!Net preparou um especial com alguns jogos marcantes do clube no estádio. O primeiro deles será a final do Campeonato Carioca de 2005, quando o clube derrotou o Volta Redonda por 3 a 1, com gol do zagueiro Antônio Carlos no último minuto do jogo.

- O gol do Antônio Carlos foi a mão do papai do céu. Papai do céu virou pra ele e disse, vai lá meu filho, de costas mesmo, divide com o goleiro que eu vou colocar ela pro gol. Tinha que acontecer, entende? Muitas coisas boas estavam acontecendo, aquela torcida merecia. Foi emocionante. O jogo mais marcante que fiz com a camisa tricolor - lembra Marcão, capitão daquele Flu.

E MAIS
> Maracanã deverá ter bandeiras e instrumentos no clássico
> Definição dos lados das torcidas no clássico gera racha entre Flu e Vasco
> Produtora lança vídeo convocando tricolores para clássico no Maracanã

No primeiro jogo, vitória do Voltaço (liderado por Túlio Maravilha) por 4 a 3 e necessidade de um triunfo por dois ou mais gols pelo Fluminense. Marcão conta que foi uma partida muito tensa e comenta as dificuldades em encarar aquela equipe do Volta Redonda, mesmo com o Maracanã lotado de Tricolores:

- O Volta Redonda tinha um time bom, confiante, encorpou com a vantagem e ainda abriu o placar, mas a gente não ia desistir. Tinha que dar certo. O meu gol (segundo do Flu) foi fundamental, veio o cruzamento e eu consegui desviar. É o que digo. Tínhamos que vencer. Olho pra trás e não dá pra imaginar outro final.

E aquela partida realmente ficou marcada na história do ex-camisa 5 do Fluminense. O "Marcão, Seleção" - como a torcida chamava - classifica aquele jogo como um dos mais importantes para o clube. Aquele título, inclusive, foi o primeiro sem polêmica (teve o Carioca de 2002) desde que o Flu retornou da Série C.

- Foi marcante, um jogo único, pra história. Nós olhamos pra trás e hoje conseguimos ter a real dimensão do que aconteceu ali. Tínhamos que ganhar, não podia acontecer de outra forma. Tinha um significado muito grande - conclui Marcão.

O Fluminense voltará ao Maracanã no próximo domingo, no clássico contra o Vasco. Para esquentar o reencontro da torcida tricolor com o Maracanã, o LANCE!Net preparou um especial com alguns jogos marcantes do clube no estádio. O primeiro deles será a final do Campeonato Carioca de 2005, quando o clube derrotou o Volta Redonda por 3 a 1, com gol do zagueiro Antônio Carlos no último minuto do jogo.

- O gol do Antônio Carlos foi a mão do papai do céu. Papai do céu virou pra ele e disse, vai lá meu filho, de costas mesmo, divide com o goleiro que eu vou colocar ela pro gol. Tinha que acontecer, entende? Muitas coisas boas estavam acontecendo, aquela torcida merecia. Foi emocionante. O jogo mais marcante que fiz com a camisa tricolor - lembra Marcão, capitão daquele Flu.

E MAIS
> Maracanã deverá ter bandeiras e instrumentos no clássico
> Definição dos lados das torcidas no clássico gera racha entre Flu e Vasco
> Produtora lança vídeo convocando tricolores para clássico no Maracanã

No primeiro jogo, vitória do Voltaço (liderado por Túlio Maravilha) por 4 a 3 e necessidade de um triunfo por dois ou mais gols pelo Fluminense. Marcão conta que foi uma partida muito tensa e comenta as dificuldades em encarar aquela equipe do Volta Redonda, mesmo com o Maracanã lotado de Tricolores:

- O Volta Redonda tinha um time bom, confiante, encorpou com a vantagem e ainda abriu o placar, mas a gente não ia desistir. Tinha que dar certo. O meu gol (segundo do Flu) foi fundamental, veio o cruzamento e eu consegui desviar. É o que digo. Tínhamos que vencer. Olho pra trás e não dá pra imaginar outro final.

E aquela partida realmente ficou marcada na história do ex-camisa 5 do Fluminense. O "Marcão, Seleção" - como a torcida chamava - classifica aquele jogo como um dos mais importantes para o clube. Aquele título, inclusive, foi o primeiro sem polêmica (teve o Carioca de 2002) desde que o Flu retornou da Série C.

- Foi marcante, um jogo único, pra história. Nós olhamos pra trás e hoje conseguimos ter a real dimensão do que aconteceu ali. Tínhamos que ganhar, não podia acontecer de outra forma. Tinha um significado muito grande - conclui Marcão.