icons.title signature.placeholder Guilherme Abrahão
10/12/2013
12:42

Rodrigo Caetano não irá ficar no Fluminense em 2014. Em reunião na noite de segunda-feira, ficou decidido que o diretor executivo não terá seu vínculo renovado. Rodrigo, inclusive, se reunirá na tarde desta terça-feira com o presidente do Flu, Peter Siemsen, e o diretor geral do clube, Jackson Vasconcellos, para ser comunicado de sua saída. O Fluminense já iniciou conversas com Felipe Ximenes, ex-Coritiba, para assumir o cargo remunerado e as negociações já avançaram significativamente.

Apesar de estar em negociações, pessoas ligadas ao clube e ao próprio dirigente evitam falar do negócio, uma vez que Rodrigo Caetano ainda não foi anunciado de seu desligamento oficial. Porém, com a remuneração mais baixa que a de Rodrigo, o Fluminense não terá problemas para acertar o acordo com Felipe Ximenes, que inclusive já trabalhou no Tricolor.

E MAIS
- Mattos diz que Cruzeiro irá estudar possibilidade de contratar Fred
- Alto custo para Série B sela saída de Dorival do Fluminense

Além de Ximenes, o clube também cogita a possibilidade de manter o gerente de futebol, Marcelo Teixeira, gerindo o futebol na próxima temporada com a missão de ajudar a equipe a voltar à Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. O organograma ainda será definido, mas na coletiva de logo mais nas Laranjeiras, Peter Siemsen anunciará oficialmente a saída de Rodrigo e como ficará a cúpula de futebol para a próxima temporada.

Além da saída de Rodrigo, o clube também anunciará que Dorival Júnior não segue nas Laranjeiras. Devido ao rebaixamento e ao alto gasto com a comissão técnica do técnico, o Flu resolveu não renovar o vínculo com o treinador, que foi uma indicação do próprio Rodrigo Caetano.