icons.title signature.placeholder Matheus Babo
01/02/2015
08:11

O torcedor do Fluminense mais supersticioso tem motivos de sobra para acreditar no título do Carioca deste ano, que começa neste domingo para o Tricolor, diante do Friburguense, às 19h30, no Raulino de Oliveira, com transmissão em tempo real do LANCE!Net. Tudo porque, nas últimas quatro décadas, todos os anos que tiveram o número cinco no fim, terminaram com a taça indo para às Laranjeiras.

Em 75, a conquista tirou a taça do arquirrival Flamengo e no ano seguinte, o clube ainda conquistou o bicampeonato. Dez anos depois, foi a vez do time conquistar o tricampeonato (83/84/85), tão importante para a história do clube que passou a se representado em uma das estrelas acima do escudo na camisa. A conquista de 95 é, talvez, a mais marcante para o torcedor por conta das circunstância. O gol de barriga de Renato Gaúcho é lembrado até hoje nas discussões de mesa de bar. Já o de 2005, marcou um período longo do clube sem levantar taças. Diante de tantos títulos marcantes, o elenco atual espera manter a escrita.

– São números e uma história que vem se mantendo. Nós sabemos que tem pessoas que acreditam nessas coisas, tem superstição. Vamos fazer de tudo para que possamos conquistar o Carioca, até para dar motivação para todos. Vitórias e títulos a equipe incorpora, ganha mais confiança. Tomara que em 2015 a gente repita a escrita e consiga fazer o Fluminense novamente campeão carioca – disse Diego Cavalieri, que teve o discurso acompanhado por Wágner:

– Tomara que aconteça mais uma vez. Seria muito bacana para o torcedor, para o clube e para nós jogadores também. Esperamos sim, um título logo nesse Campeonato Carioca, será ótimo para começarmos o ano bem.

O destino está ao lado do Fluminense. E de hoje em diante, é hora de defender esta escrita.

MEMÓRIA

1975
Com o time que ficou conhecido como “Máquina Tricolor”, o Fluminense não deu chances aos adversários e conquistou o Carioca com tranquilidade.

1985
Comandado por Washington e Assis, o Casal 20, o Tricolor conquistou o tricampeonato que foi eternizado com as estrelas na camisa.

1995

Renato Gaúcho comemora o gol de barriga (Foto: Marcelo Theobald/Agência O Globo)

Vitória histórica sobre o arquirrival Flamengo, com direito a gol de barriga de Renato Gaúcho nos minutos finais daquela decisão

2005

Abel Braga era o técnico e Marcão o capitão do time campeão em 2005


Título conquistado após uma vitória de virada sobre o Volta Redonda, com um gol de cabeça do zagueiro Antônio Carlos no último minuto.