icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2014
08:04

Nas últimas três partidas, o Fluminense fez gols na parte final dos jogos e assegurou importantes vitórias. Depois de sofrer durante grande período do Campeonato Brasileiro pelo elenco reduzido, o time carioca tem, enfim, o aspecto físico como um diferencial positivo. E ela pode ser o grande trunfo para um sprint final rumo à classificação para a Libertadores do ano que vem.

– O fato de não estarmos disputando duas competições simultâneas está fazendo a diferença. Estamos marcando gols no fim dos jogos e isso não é por acaso. É reflexo disso. Tivemos semanas seguidas de treinos para nos preparar. O próprio Cruzeiro, que está disputando a Copa do Brasil ao mesmo tempo que o Brasileiro, está sofrendo. Chega na parte final das partidas se arrastando. Não é fácil. De fato, temos esta vantagem – disse o técnico Cristovão Borges.

Agora, o Fluminense terá mais uma semana inteira de preparação visando ao jogo de sábado, contra o Coritiba, às 19h30, no Couto Pereira. O estilo de jogo, promete o treinador, será o mesmo do que foi praticado na vitória sobre o Goiás, no último sábado. Por ter tempo para trabalhar, a equipe consegue marcar com grande intensidade e, por isso, permite que a técnica do elenco apareça:

– Temos nosso estilo de jogo e sempre buscamos mantê-lo durante o campeonato. O Fluminense é uma equipe técnica, que busca o gol a todo momento. Quando consegue encaixar a marcação, acaba fazendo gols e vencendo os jogos, porque a qualidade técnica, que é muito alta, aparece.

A expectativa é de que a estratégia siga funcionando e o Tricolor chegue à quinta vitória consecutiva no fim de semana.