icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/04/2014
10:36

Ao ataque! Após perder por 3 a 1 na partida de ida no Domingão, o Fluminense recebe o Horizonte (CE) nesta quinta-feira, às 19h30, no Maracanã, jogo que o LANCE!Net transmite em tempo real, e precisa de gols a fim de evitar o vexame de uma eliminação precoce. Para isso, o Flu deve vencer pelo placar de 2 a 0 ou por três gols de diferença. Vitória por 3 a 1 do time carioca leva a disputa para as sempre nervosas penalidades.

Será o primeiro jogo de Cristovão Borges no comando do Tricolor. Logo nos primeiros treinamentos, o técnico já abdicou da formação com três volantes que vinha sendo utilizada por Renato Gaúcho e efetivou Wágner para atuar ao lado de Conca na armação. Além desta modificação, Rafael Sobis reassumiu a vaga ao lado de Fred. Com isso, Walter foi para o banco de reservas.

E MAIS
- Cristovão Borges faz jogo duro e diz que Flu não irá liberar jogadores

Mais do que mudanças no time que entrará em campo, a torcida, que tem protestado bastante desde a eliminação para Vasco na semifinal do Campeonato Carioca, espera uma postura aguerrida dos jogadores.

Poder de fogo para cumprir a missão, em tese, não falta. Além do quarteto ofensivo titular, Walter pode entrar durante o jogo e fortalecer o ataque. Foi dele a declaração que mais deixou evidente a importância de uma vitória logo mais.

– Este jogo é o mais importante do ano até agora. Contamos com o apoio do torcedor e faremos de tudo para buscar a classificação – garantiu o jogador.

Por sua vez, o técnico Cristovão Borges lembrou que é fundamental que o time jogue com inteligência.

– Nós já vamos para o jogo pressionados. Temos que ter equilíbrio. Jogamos contra o relógio e contra a diferença. O time precisa saber jogar o jogo, ter o equilíbrio emocional necessário e saber se movimentar porque o adversário vem fechadinho tentando explorar os contragolpes. Precisamos de inteligência.

Somente gols e uma vitória convincente do Fluminense podem tirar o clube da crise e finalmente trazer paz para o trabalho do dia a dia. Vale o chavão. É vencer ou vencer.