icons.title signature.placeholder Marcello Vieira
12/04/2014
08:14

Após a vitória sobre o Horizonte (CE), na quinta-feira, o presidente do Fluminense, Peter Siemsen, disse em entrevista coletiva concedida que o Tricolor estava bem perto de acertar com dois jogadores para reforçar o elenco. O LANCE!Net apurou com uma fonte ligada ao departamento de futebol que o Flu realmente está quase acertado com o volante Edson, destaque do Campeonato Paulista pelo São Bernardo. Em contrapartida, o outro jogador, que é um zagueiro, não está assim tão próximo como afirma o mandatário do clube.

Atualmente, o Flu está negociando com três atletas para a defesa. Os dois principais alvos pertencem ao Avaí e Atlético Goianiense. O terceiro é o zagueiro Marcelo, do Volta Redonda. Entretanto, ele é o nome em espera caso o Tricolor não consiga concluir nenhuma das negociações em andamento.

Depois de obter a informação em relação aos dois jogadores que o Fluminense está interessado, a reportagem do LANCE! entrou em contato com um dirigente ligado ao Avaí, que explicou que apesar de tem uma boa relação com o clube carioca, ninguém ainda o procurou. Ele ainda salientou que acha difícil que algum zagueiro da equipe interesse ao Tricolor, uma vez que nenhum dos três jogadores da posição que atualmente compõem o elenco tem se destacado. O clube, inclusive, também está de olho no mercado em busca de defensores. Por sua vez, os dirigentes do Atlético não atenderam as ligações da reportagem.

Além das situações que foram apresentadas, o empréstimo envolvendo Rodriguinho, meia do Corinthians, sofre um impasse por causa da indefinição quanto à negociação do clube paulista pelo atacante Rafael Sobis, já que há jogo duro no negócio. De toda forma, a ideia da diretoria tricolor é a de já reforçar o time antes do início do Brasileirão.

Argentinos são improváveis

O Fluminense tentou as contratações do lateral-esquerdo Walter Kannemann e do zagueiro Carlos Izquierdoz, argentinos do San Lorenzo e Lanús, respectivamente, mas não teve dinheiro para sacramentar os negócios antes do fechamento da janela de transferências para atletas do exterior. Existe a possibilidade de o clube tentar acertar os empréstimos destes atletas no meio do ano. No entanto, fontes ligadas à diretoria do clube explicaram que são situações improváveis. Sem poder contar com o dinheiro da Unimed, o Flu terá de buscar soluções baratas.