icons.title signature.placeholder Marcello Vieira e Sérgio Arêas
14/12/2013
15:34

O elenco do Fluminense para a próxima temporada já tem uma base formada por jogadores experientes como Diego Cavalieri, Fred, Jean e Conca. O argentino, por sinal, deve ser a principal contratação para 2014.

A intenção da diretoria e também do patrocinador, que não pretendem gastar muito com reforços, é apostar na base. Mas isso não significa que haverá promoção de novos garotos formados nas categorias de base, em Xerém. A esperança está no grupo que foi lançado precocemente durante o Brasileirão e que ganhou experiência num momento complicado para o time.

- Na verdade antecipamos muita gente. Não se se ano que vem teremos muitas novidades. Antecipamos a promoção de Igor Julião, Robert, Kenedy... Acho complicado alguém da base subir ano que vem. Queremos dar cancha para os jogadores que estão lá - afirmou Fernando Simone, gerente geral das categorias de base do Tricolor.

E MAIS
> Conca garante estar preparado para pressão na volta ao Fluminense
> De Prima: Felipe Ximenes cria racha dentro da Abex

Entre os jovens considerados preparados para ssumir a responsabilidade entre os profissionais está o apoiador Rafinha. O jogador, que já vinha treinando com o grupo principal desde o início do ano, ganhou mais oportunidades após a saída de Abel Braga e terminou a temporada como titular. Além dele, há muita esperança no desenvolvimento do meia-atacante Robert e de Kenedy, ambos de 17 anos.

- Robert quase não jogou. Acho que 2014 será o ano que ele terá mais oportunidades - disse Simone.

Sobre a pressão de participar de uma campanha fracassada no Brasileiro, Fernando Simone considera que pode ter benefícios:

- Eles passaram um ano complicado. Isso faz criar um casco. Alguns sentiram a pressão, mas continuamos acreditando. E vamos recuperar os que não foram bem.