icons.title signature.placeholder RADAR/RNL/O LIBERAL
18/02/2015
09:16

O coletivo de terça-feira do Remo, no Baenão, teve de tudo um pouco. Contou com uma desavença entre o zagueiro Ciro Sena e o atacante Val Barreto por causa de uma cobrança mais forte e que resultou nos dois saindo mais cedo do treino; teve a presença do atacante Flávio Caça-Rato, faltoso na segunda-feira que se apresentou com um dia de atraso após a folga do carnaval. A

Ainda teve muita brincadeira sobre o atacante, que teve que aguentar as gozações dos companheiros. À diretoria, Caça-Rato disse que teve um problema na viagem de volta, perdendo o voo na conexão em São Paulo. Oficialmente, a explicação foi aceita.

- Quando nós demos a folga a ele e aos demais atletas, todos teriam que estar aqui na data marcada pela comissão técnica, que era ontem (segunda-feira) às 15h30. Ele foi o único atleta que não compareceu e explicou quais os motivos que o fizeram atrasar. Qualquer atleta ou profissional que defenda a instituição Clube do Remo precisa cumprir as normas estabelecidas. Ele, como parte do elenco, é sabedor das regras, mesmo com a perda do voo. Mas isso fica a critério nosso e será resolvido internamente - comentou ao "O Liberal" o gerente de futebol, Fred Gomes, sem confirmar se o atleta será multado ou não.

A partir do que foi mostrado no treinamento de ontem, Caça-Rato perdeu a condição de titular para Rafael Paty. A formação testada ontem por Zé Teodoro teve apenas essa mudança. O time que vai enfrentar o São Francisco, amanhã à noite, no Colosso do Tapajós, em jogo decisivo para ambos no Campeonato Paraense, deve ter: Camilo no gol; George Lucas, Max, Ciro Sena e Alex Ruan na defesa; Dadá, Alberto, Eduardo Ramos e Bismark no meio de campo; Rony e Rafael Paty.