icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/11/2013
10:03

Os dois últimos jogos de Paulinho na Copa do Brasil renderam não apenas elogios de Jayme de Almeida como também ratificaram a confirmação de ao menos uma aposta. Na lista de quatro reforços contratados do interior de São Paulo, o atacante é o único a ter uma sequência como titular e que se destaca.

Os gols – quatro em 38 partidas – talvez ainda não mostrem, numericamente, a importância do camisa 26 para o time. Antes de fazer gols, porém, Paulinho exerce essencialmente uma função tática que foi aprimorada a pedidos do treinador.

Válvula de escape pelos lados do campo, o jogador descobriu o flanco esquerdo como a melhor opção para imprimir a velocidade e os dribles desconcertantes. E foi por esse setor que o Flamengo conseguiu superar Botafogo e Goiás.

– Não somos adivinhos, mas no dia a dia falava que ele tinha um potencial muito legal. Está ficando mais confiante e o futebol dele está crescendo muito – elogiou o comandante do Flamengo.

Rendimento superior ao de quando o atacante chegou devido, especialmente, à sequência dada por Jayme. Foram duas séries de 11 partidas como titular nos últimos meses, mas o crescimento ficou evidente sob a batuta do atual técnico rubro-negro.

Mais do que ter o respaldo do treinador, Paulinho, agora como uma espécie de ponta esquerda, dribla mais, acerta mais passes e é acionado com frequência (segundo números do Footstats).

A tendência é a de que o desempenho se mantenha ou até mesmo evolua. E se depender de Jayme de Almeida, isso será confirmado até o fim do ano.

– Paulinho veio do interior para um time grande do Rio. Quando ele entrou, o Flamengo não estava com um time montado. Aí, jogava bem uma, depois não. Mas eu sempre o vi com muito carinho.

COMPARATIVO

Dois últimos jogos na Copa do Brasil (média) (pela esquerda)
Flamengo 4 x 0 Botafogo e Goiás 1 x 2 Flamengo
Dribles certos - 5,5
Faltas recebidas - 1,5
Finalizações - 2
Passes certos - 25
Passes errados - 4
Posse de bola - 1'16"
Assistência - 1
Gol - 0,5

2º que mais acertou dribles, com 23
3º que mais tentou driblar - 27 (média de 3,4 por jogo)

Dois últimos jogos no Brasileiro (média) (pela direita)
Flamengo 2 x 1 Bahia e Portuguesa 0 x 0 Flamengo
Dribles certos - 2
Faltas recebidas - 4
Finalizações - 3
Passes certos - 22
Passes errados - 4
Posse de bola - 1'20"
Assistência - 1
Gol - 0,5

3º que mais acertou dribles, com 67
4º que mais tentou driblar - 92 (média de 3,2 por jogo)