icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/03/2014
23:53

O Flamengo manteve a eficiência já mostrada em toda a primeira fase da competição, fez valer o peso da camisa e venceu a Cabofriense por 3 a 0, na noite desta quarta-feira, no Maracanã, no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Carioca. Everton e Paulinho marcaram os dois primeiros gols. Alecsandro, que substituiu o vaiado Hernane na etapa final, fechou o placar e foi bastante festejado pela torcida. Surgiu um novo xodó dos rubro-negros?

O resultado colocou o Flamengo com boas possibilidades de avançar à decisão do Estadual. Pode perder por até dois gols de diferença no próximo sábado, às 18h30, no segundo jogo da semifinal. Vasco e Fluminense começam decidir a outra vaga na final nesta quinta.

O JOGO
Não demorou para Flamengo e Cabofriense criarem boas chances de gol. Logo aos 3 minutos, João Paulo apareceu na área para finalizar, mas Cetin conseguiu espalmar para escanteio. Alguns minutos depois, o troco da equipe da Região dos Lagos. Na melhor chance criada pela Cabofriense no primeiro tempo, Tijolo fez jus ao apelido e acertou uma "tijolada" na trave, cara a cara com Felipe.

LEIA MAIS:
> Jayme elogia Hernane e Alecsandro após vitória contra a Cabofriense
> Alecsandro comemora gol 'relâmpago' no primeiro toque na bola
> Técnico da Cabofriense manda recado: 'Não vamos só cumprir tabela'

GALERIA DE FOTOS:
> Confira as imagens da vitória do Flamengo no Maracanã

A Cabofriense tentava chegar ao ataque na base do toque de bola, com Eberson, Keninha e Tijolo trocando passes. Mas o Flamengo, eficiente, utilizou bem as jogadas pelas pontas e logo chegou ao primeiro gol.

Aos 17 minutos, João Paulo cruzou, Hernane, de cabeça, acertou a trave, mas, no rebote, Everton abriu o placar.


Com o gol, o Rubro-Negro passou a controlar mais a partida, esperando pelo rival e saindo no contra-ataque apostando na velocidade de Paulinho e Everton. Mesmo assim, deixou espaços na defesa e a Cabofriense por pouco não chegou ao empate. Faltou capricho.

O Flamengo ainda mandou uma bola no travessão, após Cetin sair errado do gol, mas a primeira etapa ficou mesmo no 1 a 0. Placar que o Rubro-Negro tratou de ampliar logo no comecinho do segundo tempo.

Após passe de Hernane, Paulinho aproveitou o espaço na zaga rival, ganhou na velocidade e marcou o segundo gol do time.


   Alecsandro faz mais um e vai conquistando a torcida do Fla (Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)

Por falar no Brocador, o camisa 9 parece já não estar com o mesmo moral com a torcida. Após errar uma finalização, ouviu algumas vaias e, minutos depois, viu os flamenguistas presentes vibrarem quando Alecsandro foi chamado por Jayme de Almeida para entrar em campo.

E, para "piorar" a situação do Brocador, logo no primeiro toque, Alecsandro fez o gol. Após cobrança de escanteio, o camisa 19 antecipou a defesa e ampliou, deixando o Flamengo praticamente com os dois pés na final do Estadual.

Com uma grande vantagem, o Flamengo volta a enfrentar a Cabofriense, pelo segundo jogo da semifinal, neste sábado, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
CABOFRIENSE 0 x 3 FLAMENGO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 26/03/2014 - 22h (horário de Brasília)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha
Auxiliares: Lilian da Silva Fernandes e Andréa Izaura Maffra
Renda e público: R$ 170.070,00 / 3.625 pagantes
Cartões amarelos: Eberson (CAB)

GOLS: Everton, 17'/1ºT (0-1); Paulinho, 5'/2ºT (0-2); Alecsandro, 28'/2ºT (0-3)

CABOFRIENSE: Cetin, Rodrigo Dias, Luizão, Victor Silva e Leandro; Jardel, Tijolo, Silvano e Eberson (Anderson, 35º/2'T); Keninha (Arthur, 25º/2'T) e Fabricio Carvalho.Técnico: Alexandre Barroso.

FLAMENGO: Felipe, Digão, Wallace, Samir e João Paulo (Lucas Mugni, intervalo); Amaral, Márcio Araújo e Luiz Antonio (Gabriel, 35º/2'T); Everton, Paulinho e Hernane (Alecsandro, 28º/2'T). Técnico: Jayme de Almeida.