icons.title signature.placeholder Walace Borges
31/03/2014
19:39

Quem esperava uma recepção calorosa dos torcedores equatorianos para Hernane, Alecsandro ou Felipe se enganou. Todos esses jogadores foram ignorados pela simples presença de Frickson Erazo no desembarque do Flamengo no Aeroporto Internacional José Joaquín Olmedo, em Guaiaquil (EQU), nesta segunda-feira. Cercado por jornalistas e torcedores, o defensor sequer conseguiu caminhar com tranquilidade no local.

Cerca de dez veículos de comunicação equatorianos estiveram no local e todos foram em cima de Frickson, como o jogador é chamado no Equador. Alguns ainda confundiram o defensor com Samir, que se mostrou tranquilo com a situação.

- Fico feliz pela recepção, não imaginava que fosse acontecer. Mas temos de manter a cabeça no lugar para não deixarmos isso ultrapassar nossos objetivos. O Flamengo precisa dos pontos e viemos aqui para isso - afirmou Erazo, mostrando foco no momento atual.

É possível ver nas ruas de Guaiaquil também algumas placas publicitária de Erazo com a camisa da seleção do Equador. Os outdoors são de uma marca de refrigerantes que patrocina o Barcelona (EQU), ex-time dele.

Flamengo chega ao Equador e é recebido pela torcida