icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes
31/03/2014
20:57

O Flamengo agiu no fim de semana para contratar Elias e a estratégia por trás da última cartada do clube conta com aporte da Adidas. A nova oferta enviada ao Sporting (POR) tem como garantia o contrato com a fornecedora de material esportivo rubro-negra. O prazo para transações de jogadores vindos do exterior termina às 23h59 desta terça-feira.

No sábado, o clube documentou esta garantia e a proposta de compra de 50% dos direitos econômicos do volante no valor de quatro milhões de euros (R$ 12,5 milhões) divididos em quatro parcelas, sendo que a primeira seria paga no ato.

As outras três deveriam ser quitadas nos próximos três anos em prestações de um milhão de euros (R$ 3,13 milhões). Caso, portanto, a data de pagamento estipulada pelos dirigentes portugueses não seja cumprida pelo Rubro-Negro, o clube perderá este valor do contrato anual de R$ 38 milhões desembolsados pela Adidas.

Além de ter a garantia, o Flamengo aposta na oferta salarial feita a Elias ainda no início do ano por um acordo por quatro temporadas para vencer a disputa com o Corinthians, que também negocia.

O clube pagará luvas e tem a intenção de que o jogador herde o salário de Carlos Eduardo, que recebe R$ 500 mil e terá o contrato de empréstimo encerrado em junho. O Corinthians, por sua vez, segundo pessoas envolvidas na negociação ouvidas pelo L!Net, ofereceu R$ 300 mil mensais e R$ 1 milhão de luvas divididos em duas vezes.

Antes de oficializar a investida, o Flamengo tentou reduzir o valor dos 50% dos direitos econômicos de Elias, mas ouviu uma negativa por parte dos portugueses.

Os dirigentes do Flamengo viajaram ao Equador para acompanhar a partida contra o Emelec, quarta-feira, pela Libertadores. De lá, esperam por um desfecho positivo.

Timão: só uma oferta

Pessoas que participam da negociação pelo Rubro-Negro dizem que o Corinthians, na verdade, formalizou uma proposta somente de empréstimo. Portanto, não teria aceitado pagar os R$ 12,5 milhões pedidos pelos portugueses pela liberação definitiva.

O Corinthians, por sua vez, diz já enviou duas propostas ao Sporting (POR) para conseguir contratar Elias antes do fechamento da janela de transferências do Brasil. A primeira seria de compra dos 50% dos direitos econômicos do jogador por quatro milhões de euros (R$ 12,5 milhões). O clube também negociou a opção de empréstimo com preço fixado após o término do contrato.

Sem ter garantias bancárias para viabilizar a operação, o clube aceitou dar parte ou a totalidade dos direitos econômicos de um dos jogadores do atual elenco como garantia e, posteriormente, trocar por papéis bancários. Segundo o LANCE! apurou, esse jogador seria Romarinho.

O clube esperava apenas uma resposta sobre qual proposta seria aceita, mas o otimismo já se transformou em apreensão após o Flamengo entrar na disputa.