icons.title signature.placeholder Pedro Barboza e Walace Borges
08/07/2014
08:54

Diferentemente dos moldes de contrato adotados pelo Flamengo, o clube tem interesse em implantar com o atacante Eduardo da Silva um acordo de produtividade. Com isso, o jogador receberia uma quantia fixa, além de bonificações por metas alcançadas pelo time rubro-negro, que girariam em torno de R$ 450 mil mensais.

No Shaktar, da Ucrânia, o jogador recebia em torno de R$ 900 mil, entratanto, o clube não renovou com o brasileiro naturalizado croata.

E MAIS!
> Após novo encontro, Flamengo fica mais próximo de Eduardo da Silva
> Eduardo da Silva é um bom nome para o ataque do Flamengo?
> Flamengo paga apenas parte dos salários atrasados aos jogadores

Vale destacar que este tipo de contrato não é muito comum nos clubes brasileiros. Porém, é adotado principalmente na Europa.