icons.title signature.placeholder David Nascimento
12/12/2013
07:01

O Flamengo pode perder até R$ 5,3 milhões do valor que recebe anualmente da Adidas, fornecedora de material do clube – nos primeiros cinco anos, chega a R$ 35,6 mi e nos demais, R$ 40,6 mi. Isso tudo por conta de o Rubro-Negro ter escalado André Santos contra o Cruzeiro, o que pode fazer a equipe cair na tabela do Campeonato Brasileiro. Na partida da última rodada, o lateral-esquerdo atuou mesmo estando suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por um jogo na véspera, por conta da expulsão na final da Copa do Brasil.

Pelo contrato estabelecido pelo clube com a Adidas, o Fla é obrigado a ficar ao menos na 13ª colocação do Brasileiro para não sofrer descontos. Caso fique entre a 14ª e a 16ª posição, há uma multa de 10% (R$ 3,5 milhões para este ano). E caso sofra o rebaixamento na competição, a punição chega a R$ 5,3 milhões – ou 15% do total. Antes da polêmica, o Fla terminara o torneio no 11º lugar, não sendo, assim, descontado.

E MAIS
> STJD julgará escalações irregulares de Lusa e Fla na próxima segunda-feira
> VÍDEO Flamengo, Fluminense ou Portuguesa? Mauro Betting explica
> É pegadinha! Chance de ficar na Séria A faz Sérgio Mallandro cancelar promessa
> Saiba como são punidos os clubes que escalam atletas irregulares
> Diretor do Fla garante: 'André Santos tinha condições de jogo'
> Organizada do Atlético-PR quer responsabilização de autoridades por confusão
> Caso Héverton deve ser julgado na próxima semana pelo STJD
> Auditor do STJD esclarece detalhes sobre o dia do julgamento de Hevérton
> Portuguesa muda discurso e tenta incriminar o Fluminense
> Flamengo pode perder quatro pontos e ainda corre risco de ser rebaixado
> Irregularidade da Lusa pode salvar Flu do rebaixamento
> Suspenso, André Santos não enfrenta o Cruzeiro pelo Brasileirão
> Flamengo demonstra tranquilidade sobre polêmica em escalação
> CBF notifica irregularidades de Portuguesa e Flamengo ao STJD
> Del Nero diz que punição a Portuguesa e Fla não seria virada de mesa

A penalidade imposta pela Adidas está documentada e significa uma diminuição real da receita para a temporada 2014 caso o Flamengo perca os quatro pontos no julgamento do STJD. Isto implicaria na verba para contratação de reforços necessários para o elenco rubro-negro, já que o time irá disputar a Copa Libertadores no primeiro semestre do próximo ano.

Vale lembrar que, em 2014, o Flamengo não poderá contar com algum tipo de patrocínio na manga do uniforme rubro-negro, espaço que ficou vazio neste ano, como também determina o contrato com a Adidas. Isto faz com que o clube tenha uma menor previsão de receitas – apenas continuará com a Caixa, Peugeot e Tim. A diretoria do clube teme esta possibilidade.

CENÁRIOS DE DESCONTOS DA ADIDAS

> Se perder posição...
Caso seja punido com a perda de quatro pontos e a Portuguesa tenha os pontos retirados, mas o Vasco não ganhe o recurso, o Rubro-Negro terminaria na 16ª posição. Assim, ele seria multado pela Adidas em 10% do valor do contrato anual, deixando de arrecadar R$ 3,5 milhões. Isso porque, cláusula no contrato determina punição se o time ficar abaixo da 13ª colocação no torneio, mesmo sem ser rebaixado.

> Se cair...
Em caso de o time disputar a Série B, a Adidas aplicará uma punição, prevista em contrato, e reduzirá o valor pago anual em 15%. Assim, o Rubro-Negro deixaria de receber R$ 5,3 milhões dos R$ 35,6 milhões desembolsados pela parceira neste ano.

AS PREMIAÇÕES DA ADIDAS

> Primeiro ao quinto ano de contrato (conquista de títulos)
Carioca: R$ 250 mil
Copa do Brasil: R$ 300 mil
Copa Sul-Americana: R$ 400 mil
Brasileiro Série A: R$ 1 milhão
Copa Libertadores: R$ 1,5 milhão
Mundial da Fifa: R$ 800 mil

> Do sexto ao décimo ano de contrato
Carioca: R$ 300 mil
Copa do Brasil: R$ 380 mil
Copa Sul-Americana: R$ 500 mil
Brasileiro da Série A: R$ 1,3 milhão
Copa Libertadores: R$ 2 milhões
Mundial da Fifa: R$ 800 mil