icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/03/2014
12:21

Se o técnico Jayme de Almeida teve dor de cabeça para escalar o Flamengo contra a Cabofriense, no primeiro jogo da semifinal, o panorama pode se repetir no próximo sábado, na segunda partida contra o time de Cabo Frio, e também, para a partida diante do Emelec (EQU), pela Copa Libertadores, no dia 2 de abril.

Na vitória por 3 a 0, nesta quarta, Jayme não pode contar com André Santos e Léo Moura, ambos com dores na coxa esquerda. Os dois jogadores sentiram um desconforto no treinamento. O primeiro a sentir foi o camisa 27, no sábado, véspera da última rodada da Taça Guanabara. Já o capitão rubro-negro foi desfalque de última hora contra a Cabofriense. Além destes, Elano e Léo ainda seguem na recuperação de dores na coxa direita. Os atletas contundiram-se no jogo contra o Bolívar, no dia 12 de março.

- O Léo é o que está mais próximo para voltar no sábado. Ele treinou (quarta-feira) com bola sem sentir nada pelo que falaram. Se ele treinar bem nesta quinta, vou colocá-lo no sábado. Os outros três (Elano, Léo Moura e André Santos) estão fora de sábado - confirmou Jayme

Elano já não estão mais sob os cuidados do departamento médico. O meia, por sua vez, já fez a transição para a recuperação física. Desde segunda-feira, o jogador já faz algum tipo de atividade com os preparadores do clube. Na terça, Elano correu ao redor do campo 2 ao lado de Léo.

Outro jogador que também segue fora em recuperação é o volante paraguaio Cáceres. O jogador sofreu uma luxação no ombro direito no empate em 2 a 2, contra o Bolívar, no Maracanã. De acordo com os médicos, o prazo para recuperação da lesão do jogador era de seis semanas.

Nesta temporada, os dois laterais titulares já haviam ficado fora, também contra o Bolívar. Outro jogador que também sentiu algum tipo de contusão na coxa foi o zagueiro Erazo, que não viajou com a equipe para a Bolívia. Na estreia do Rubro-Negro, contra o León (MEX), Paulinho sentiu dores na região do púbis e ficou fora por um mês.


Flamengo passeia e encaminha vaga na final do Carioca