icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/02/2015
12:09

A polêmica de lutadores sendo flagrados em exame antidoping surpresa não se resuma apenas ao UFC. Ela atinge até quem já fez parte do coro de atletas que são contra métodos de reposição hormonal, como o TRT e uso de anabolizantes. Depois de muito falar, Jon Fitch testou positivo para altos níveis de testosterona. O resultado foi divulgado pela Comissão Atlética do Estado da Califórnia, que realizou exames no lutador antes de sua luta contra Rousimar Toquinho, no WSOF 16, em dezembro, quando foi finalizado pelo brasileiro em disputa de cinturão.

A substância proibida não foi divulgada, mas o resultado apontou taxas elevadas e testosterona. Como punição, Fitch pegou um gancho de um ano e terá de pagar multa de US$ 2.500 (cerca de R$ 6.750). 

- Isso é uma piada. É inadmissível deixar caras que abusaram de anabolizantes quando novos terem a chance de recuperar a testosterona que seus corpos não produzem mais - disse Fitch, em entrevista ao "Fight Hub TV" no passado.