icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
04/02/2015
19:55

Em jogo emocionante até o último minuto no Alfredo Jaconi, o Novo Hamburgo superou o Juventude por 2 a 1 na tarde desta quarta-feira. Com o triunfo na partida que abriu a 2ª rodada da Gauchão, o Noia chegou a quatro pontos.

Postado no contra-ataque, o Novo Hamburgo teve a primeira chance do jogo em cobrança de falta de Fred. Em seguida, os donos da casa bombardearam o goleiro Rafael em finalizações de Douglas, Rogerinho e Zulu. Thiago Humberto, completamente livre e sem goleiro, ainda desperdiçou chance claríssima dos alviverdes.

Contando com as jogadas envolvendo Paulinho e Lucas Santos, o Noia voltou a crescer na partida e, aos 40 minutos, abriu o placar. William tabelou com Leandrão e foi derrubado na área. Coube ao "galáctio" Leandrão converter a cobrança: 1 a 0.

O Juventude voltou do intervalo com uma postura avassaladora. Apostando nas jogadas de Schons e nas conclusões de Zulu, a equipe da casa perdeu sucessivas chances. Até, aos 12, empatar. Schons cobrou falta para a área e Heverton, de cabeça, igualou.

O técnico Roger Machado promoveu as entradas de Lucas Crispim e Marcio nos lugares de Warley e Lucas Santos, respectivamente. As chances passaram a surgir em profusão. Zulu desperdiçou três chances. Crispim, Leandrão e Magrão responderam para o Noia.

Aos 44 minutos do segundo tempo, Zulu recebeu passe na marca do pênalti e finalizou por cima do gol a última chance do Juventude. O erro foi "castigado" no minuto seguinte. Após cruzamento, Marcio desviou de cabeça para o fundo da rede e deu números finais ao jogo.