icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
21/12/2013
07:31

Além de chegar pela primeira vez em uma final de Campeonato Mundial Feminino de Handebol, o Brasil atingiu em 2013 uma sequência de respeito na modalidade. A equipe ainda não perdeu em competições oficiais e em torneios amistosos no ano.

Nesta temporada, a Seleção Brasileira disputou dois torneios oficiais, além do Campeonato Mundial. Em março, a equipe foi campeã do Campeonato Sul-Americano na Argentina, onde venceu as cinco partidas que disputou.

Três meses depois, a conquista invicta aconteceu no Campeonato Pan-Americano da República Dominicana, com mais seis triunfos.

Em outubro, foram mais três vitórias, agora na Provident Cup, competição amistosa que serviu como preparação para o Campeonato Mundial. Na Hungria, o time comandado por Morten Soubak bateu Croácia, Hungria e Noruega.

Com isso, o Brasil alcançou ontem 22 vitórias no ano em competições oficiais e torneios amistosos (com os oito triunfos no Mundial da Sérvia), e nenhuma derrota.

Nesta conta não entram, por exemplo, as duas vitórias em amistosos realizados contra a Áustria em Vitória (ES) e Cabo Frio (RJ).

Em 2013, a Seleção Brasileira só perdeu para a Polônia, em novembro, na reta final de preparação para o Mundial da Sérvia. No primeiro duelo, um jogo-treino, as europeias ganharam por 29 a 26.

Na mesma semana, no dia 29 de novembro, novo triunfo das adversárias, agora em jogo amistoso, pelo placar de 29 a 25.

Depois da classificação para a decisão do Campeonato Mundial, as jogadoras do Brasil disseram que o time está sendo considerado de outra forma pelos rivais.

– O mundo todo nos respeita hoje em dia. Acho que é isso que o mundo tem de ver: o handebol é jogado dentro de quadra. Se antes aprendíamos com os outros, hoje eles que aprendem com a gente – disse a pivô brasileira Dara.

E é dentro de quadra que o Brasil construiu sua reputação em 2013. Com 22 vitórias.

As 22 vitórias da Seleção Brasileira em 2013
Mundial da Sérvia
Brasil 36 x 20 Argélia
Brasil 34 x 21 China
Brasil 25 x 23 Sérvia
Brasil 24 x 20 Japão
Brasil 23 x 18 Dinamarca
Brasil 29 x 23 Holanda
Brasil 33 x 31 Hungria
Brasil 27 x 21 Dinamarca

Provident Cup
Brasil 32 x 23 Croácia
Brasil 28 x 26 Hungria
Brasil 28 x 24 Noruega

Pan-Americano
Brasil 44 x 10 Estados Unidos
Brasil 59 x 7 Costa Rica
Brasil 48 x 18 México
Brasil 37 x 22 República Dominicana
Brasil 47 x 17 Paraguai
Brasil 38 x 15 Argentina

Sul-Americano
Brasil 41 x 17 Chile
Brasil 41 x 9 Paraguai
Brasil 55 x 14 Venezuela
Brasil 46 x 13 Uruguai
Brasil 37 x 23 Argentina