icons.title signature.placeholder Hugo Mirandela
16/11/2014
00:17

Santa Catarina vai ter por quem torcer na final masculina da quarta etapa do Circuito Banco do Brasil Open de Vôlei de praia, que será neste domingo, em São José (SC), na arena montada na avenida Beira-Mar. Thiago, que nasceu no Rio de Janeiro, mas joga pelo estado catarinense, se classificou para a decisão ao lado de Oscar ao derrotar Álvaro Filho/Vitor por 2 sets a 0 (21/16 e 21/17) na semifinal, neste sábado. Eles vão enfrentar Bruno Schmidt, que joga provisoriamente com o parceiro e amigo pessoal Luciano, já que Alison se recupera de uma cirurgia no joelho. Eles venceram Pedro Solberg e Evandro na semi, também por 2 a 0, com parciais de 30/28 e 21/12.

A primeira semifinal masculina foi entre duas parcerias que estão jogando juntas pela primeira vez nesta temporada. O jogo entre Bruno Schmidt/Luciano e Pedro Solberg/Evandro começou muito equilibrado, com as duplas trocando pontos.  O panorama seguiu assim durante todo o set, até o time de Schmidt abrir 20 a 18. Porém, Pedro e Luciano empataram e deixaram a disputa emocionante. E em um erro do filho da ex-jogadora Isabel, que cortou na rede, o set acabou em 30 a 28.

O segundo set começou diferente, com Bruno Schmidt e Luciano deslanchando no placar, chegando a 5 a 1. Após um tempo técnico, os adversários voltaram mais concentrados e encostaram no marcador, diminuindo a diferença para um ponto. Até que a categoria de Bruno e os bloqueios de Luciano começaram a aparecer e eles abriram 19 a 11. Depois foi só administrar e fechar a parcial em 21 a 12.

Thiago vai contar com o apoio da torcida catarinense na decisão (foto: Paulo Frank/CBV)

No outra partida da noite que garantia vaga na decisão, a dupla que estava há dez meses sem disputar uma semifinal de Open supreendeu. Oscar e Thiago, que nasceu no Rio de Janeiro, mas é federado pelo estado de Santa Catarina, venceram fácil o primeiro set de Álvaro Filho e Vitor, que retomaram a parceria após três anos nesta competição, por 21 a 16.

A segunda etapa não foi diferente. Empurrados pela torcida, Oscar e Thiago chegaram a abrir 19 a 13 no set. Álvaro Filho e Vitor esboçaram uma reação, diminuindo a diferença para dois pontos. Porém, não conseguiram evitar o fim da parcial em 21 a 17.