icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
26/11/2014
00:19

Após a vitória do Mogi das Cruzes/Helbor na partida de abertura, o Paschoalotto/Bauru foi quem garantiu a segunda vaga brasileira para a decisão continental. Jogando em casa, no Ginásio Panela de Pressão, o time comandado pelo técnico Guerrinha superou o Malvín, do Uruguai, por 103 a 57, e avançou para a final da competição.

Marcando forte desde os segundos iniciais da partida e aproveitando os contra-ataques, o Bauru conseguiu abrir 29 pontos de vantagem ainda no primeiro tempo (59 a 30). O elenco bauruense fez a difereça mais uma vez e a diferença no placar aumentou muito mais na segunda metade do confronto.

Os destaques individuais do time brasileiro foram o ala Alex Garcia, autor de 19 pontos, um a mais que o ala/pivô Jefferson William. Vindo do banco de reservas, o ala Gui Deodato também teve boa contribuição com 15 pontos.

- A gente se preparou muito bem para esse jogo. Sabíamos o que eles tinham de qualidade e soubemos segurar as forças deles. Quando a gente consegue ir bem na defesa, nosso ataque flui melhor, afirmou Alex.

Agora, o Bauru encara o Mogi das Cruzes na disputa da final da Liga Sul-Americana. O confronto 100% NBB será nesta quinta-feira, às 21h30, no Ginásio Panela de Pressão, e terá transmissão ao vivo do SporTV. O vencedor garante vaga na Liga das Américas de 2015, em que Flamengo, atual campeão, Paulistano/Unimed e São José/Unimed são os representantes brasileiros.

E MAIS:
>> Sem laudo, jogo do Flamengo pelo NBB é adiado
>> Basquete: Mogi vence Boca Juniors e está na final da Liga Sul-Americana

O Jogo

Com uma defesa forte logo nos primeiros lances da partida, o Bauru não permitiu que o adversário sentisse que dava para vencer. A equipe paulista pressionou atrás, saiu rápido para os contra-ataques e, assim, abriu uma boa diferença já no primeiro quarto (19 a 10).

Além do jogo de transição, no final do período, as bolas de fora também começaram a cair. Alex Garcia, Robert Day e Jefferson William marcaram uma cesta cada um, consecutivamente, e colocaram o Bauru com 15 pontos de vantagem no marcador (29 a 14).

Sem diminuir o ritmo e revezando bastante a equipe na quadra, o Bauru foi ampliando a diferença no placar. Com menos da metade do segundo quarto jogado, o time da casa já tinha 24 pontos de frente (48 a 24). Com boas entradas de Larry Taylor e Gui Deodato, os bauruenses terminaram a primeira metade do jogo liderando por 29 pontos de vantagem (59 a 30).

Mesmo com o placar extremamente favorável, o técnico Guerrinha não poupou seus titulares na volta do intervalo. O ala Alex voltou com tudo e comandou a ofensiva bauruense, que chegou a ampliar ainda mais a diferença. Após uma cesta do pivô Murilo, que retornou às quadras recuperado de uma lesão no joelho, o time brasileiro colocou 39 pontos de liderança (79 a 40).

Com o resultado garantido, o Bauru só administrou o placar até o final e pôde dar bagagem a alguns jovens atletas do elenco, como o pivô Wesley Sena e o armador Carioca.

 

Confira o calendário completo do Final Four da Liga Sul-Americana 2014:

25/11 (terça-feira)
Mogi das Cruzes/Helbor 87 x 85 Boca Juniors (ARG)
Paschoalotto/Bauru 103 x 57 Malvín (URU)

27/11 (quinta-feira)
19h15– Decisão do 3º Lugar – Boca Juniors (ARG) x Malvín (URU)
21h30 – Final – Paschoalotto/Bauru x Mogi das Cruzes/Helbor