icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/11/2013
17:47

A decisão da edição 2013 da Liga Nacional Feminina de Handebol terá um duelo entre Davi e Golias. De um lado, a Metodista/São Bernardo, de São Paulo, que busca o oitavo título consecutivo da competição. Do outro, o Supergasbras/UNC/Concórdia, de Santa Catarina, tenta a conquista inédita. O confronto que definirá quem ficará com o troféu será realizado nesta quinta-feira, às 19h (de Brasília), no Ginásio Poliesportivo Alfredo Barreto, em Cabo Frio (RJ). As duas equipes fizeram a decisão do ano passado, vencida pelas paulistas por 22 a 20.

A partida terá uma disputa entre duas jogadoras convocadas para o Mundial da Sérvia, em dezembro. Deborah Hannah, da Metodista, e Amanda Andrade, do Concórdia, disputam a final pela segunda vez. Apesar de estarem em lado opostos, elas afirmam que isso não abala o bom relacionamento e que uma torce pela outra.

- É claro que, quando estamos com o clube, o contato que temos não é o mesmo. Na Seleção, andamos juntas, conversamos bastante. Temos muitas coisas em comum, como o fato de sermos evangélicas. Para mim não é estranho, porque ambas estão focadas, neste momento, na final. Na sexta-feira (data da apresentação na Seleção), tudo muda - disse Deborah, que vai estrear no Mundial Adulto.

Amanda, que também vai disputar seu primeiro Mundial, compartilha da opinião da amiga. Para ela, a rivalidade fica somente dentro da quadra. O fato de estarem em lados opostos na decisão não afeta a amizade. Mas a jogadora de Concórdia faz questão de jogar a responsabilidade na partida para a equipe adversária.

- Todas nós entramos para ganhar e comigo não é diferente. A Metodista é muito respeitada, mas queremos fazer história e ganhar esse título inédito, de um campeonato muito importante - disse.

Porém, vale lembrar que a única equipe invicta Na Liga Nacional deste ano é o Concórdia.

Após a final, Deborah e Amanda se apresentam na Seleção na sexta-feira. Antes de chegarem na Sérvia, para o Mundial entre os dias 6 e 22 de dezembro, elas se reúnem com as demais jogadoras na Áustria para a última fase de treinamentos e um amistoso contra Angola. Depois, seguem para a Polônia, onde disputam mais dois amistosos contra a seleção local.