icons.title signature.placeholder Guilherme Gomes
16/11/2014
15:54

Logo após a decisão das duplas, na qual os irmãos Bryan derrotaram o brasileiro Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig, a decepção tomou
conta da Arena O2 em Londres.

Assim que a cerimônia das duplas acabou, o presidente da ATP, Chris Kermode, entrou em quadra ao lado de Roger Federer e disse que o
suíço tinha um anúncio a fazer.

Visivelmente chateado, Federer disse que não iria disputar a final do torneio pois sentiu uma lesão após a épica batalha de quase 3h
de duração na semifinal, contra o compatriota Wawrinka.

- Espero que vocês entendam. Por isso quis vir aqui pessoalmente me desculpar por não jogar. Não posso competir devido a um problema nas costas - disse Federer para os atônitos fãs no ginásio. Com isso, a final dos sonhos entre Djokovic e Federer não aconteceu.