icons.title signature.placeholder Guilherme Gomes
16/11/2014
17:09

Com a desistência de Federer de disputar a decisão das Finais da ATP contra Novak Djokovic, o sérvio confirmou a conquista de seu quarto título, o terceiro seguido.

Com isso, Djokovic iguala o romeno Ilie Nastase em número de triunfos no evento. Eles agora estão atrás somente de Ivan Lendl e Pete Sampras, com cinco títulos, e do próprio Federer, maior vencedor da competição com seis vitórias.

E o tri seguido representa outra marca. Djokovic é o primeiro a obter isso desde que o tcheco Ivan Lendl venceu de 1985 a 1987. O único outro jogador a obter tal feito foi o romeno Ilie Nastase, que também venceu um tri seguido de 71 a 73.

Foi apenas a terceira vez em toda a carreira de Federer que ele teve de abandonar um torneio, todas elas devido a lesões nas costas. Antes das Finais de 2014, ele havia desistido nas quartas de final de Paris/2008 contra James Blake e da semifinal contra Tsonga, em Doha/2012

A última vez que um torneio da ATP teve uma desistência numa final foi em 2 de fevereiro de 2008, em Viña del Mar, quando Fernando Gonzalez ganhou o título contra Juan Monaco, que desistiu devido a uma lesão no tornozelo esquerdo.

A saída de Federer foi a primeira desistência em uma decisão das Finais em 45 anos do torneio. A última ocorrida nas Finais foi quando Ivan Lendl abandonou contra Jose-Luis Clerc na fase de grupos do Masters de 1981, em Nova York.