icons.title signature.placeholder Guilherme Gomes
12/11/2014
17:09

O tcheco Tomas Berdych manteve suas chances de continuar sonhando com uma vaga nas semifinais ao bater nesta quarta o croata Marin Cilic por 2 sets a 0 (6-3 e 6-1) em apenas 75 minutos de partida.

Com a vitória, Berdych se recupera da fraca estreia, quando foi atropelado pelo suíço Stan Wawrinka. Mas conseguir a vaga não será tarefa nada fácil. Ele agora irá enfrentar o número 1 do mundo, Novak Djokovic, no encerramento de seu grupo na sexta-feira, contra quem só ganhou duas vezes em 18 confrontos. Para piorar, no último encontro entre ambos, na final do Aberto da China mês passado, Djokovic aplicou inapeláveis 6-0 e 6-2.

"Me senti muito melhor em quadra do que na estreia, ainda que não tenha jogado o meu melhor. Essa é a beleza desse torneio (em formato de grupos). Um dia você pode ser varrido da quadra como eu fui e dois dias depois pode voltar e jogar um tênis diferente", disse Berdych que está em sua quinta aparição no evento.

Já Cilic, que ganhou quatro torneios este ano, incluindo o Aberto dos Estados Unidos, amargou sua segunda derrota seguida - havia perdido para Novak Djokovic na estreia - nas Finais e ficou em situação complicada no grupo.

"Especialmente contra jogadores desse nível, mesmo os menores erros ou deslizes acabam custando muito caro. Se você não atuar no melhor da sua performance, as coisas ficarão ruins rapidamente e não serão a seu favor. É uma pena, estou desapontado pois estava ansioso para jogar bem nas Finais. É algo difícil de lidar".