icons.title signature.placeholder Bruno Grossi
16/06/2014
14:01

A espera da torcida do São Paulo para ver Alan Kardec em ação com as cores do clube acabará nesta sexta-feira. Após o treinamento desta segunda-feira no Omni Resort, em Orlando (EUA), o técnico Muricy Ramalho confirmou que promoverá a estreia do atacante no amistoso contra o Orlando City, marcado para às 21h (de Brasília).

- Ele joga. Nossa filosofia, como foi com o Pato, é que não tem cabimento não colocar para jogar depois de fazer o investimento que fizemos. Tem que colocar para ele sentir a camisa, buscar entrosamento, sentir o grupo. Nesse amistoso ele joga. Depois, a filosofia é de competição saudável entre eles. E eles sabem que o mínimo detalhe faz diferença para mim, principalmente em jogo. Sempre a gente acha que o melhor joga - declarou o treinador são-paulino.

Para promover a estreia do camisa 14, no entanto, Muricy terá de quebrar a cabeça para escolher quem irá para o banco de reservas. Em entrevista anterior, o técnico elogiou muito Osvaldo, Ganso e Luis Fabiano, dando a entender que Alexandre Pato poderia ser o escolhido. Nesta segunda, foi a vez de Osvaldo ter a presença em campo contra o Orlando colocada em mistério.

- Só alguns tem posição fixa, como Osvaldo pela esquerda. Ele acha que é melhor lá, vai muito para o fundo da campo. Mas o Kardec e o Pato, por exemplo, não podem ficar o tempo todo aberto. Eles podem dividir a função com o Luis, que é o que mais necessitamos. Eles com a bola encostam no centroavante. O Pato pode jogar pela esquerda também, ou atrás na armação. Temos várias opções, estamos bem servidos. Tem o Ademilson também para o lado direito - destacou.

Muricy conta como foi a reapresentação do elenco nos EUA

Alan Kardec foi contratado pelo São Paulo no fim de abril por 4,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 13 milhões) após longa novela envolvendo o Benfica (POR) e o rival Palmeiras. Depois, o atleta teve de esperar a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) liberá-lo para treinas devido ao fato de estar na lista de espera da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo. Por último, o centroavante esperou duas semanas de férias antes de se apresentar em Orlando para finalmente pensar em jogar.