icons.title signature.placeholder Daniel Guimarães
13/03/2014
15:31

Martin Silva recebeu uma boa notícia nesta tarde. Sua filha Pilar, que nasceu prematura e com uma infecção no pulmão, retirou os aparelhos que a auxiliavam na respiração e passa bem sem o mesmo. Com isso, ela saiu do quadro de saúde considerado grave e o goleiro retornará ao Brasil nesta sexta-feira.

Se tudo continuar bem, a esposa do arqueiro e o bebê deverão sair do hospital na próxima semana. O empresário do jogador, Régis Marques, afirmou que Martin Silva está bem mais aliviado com a notícia e confirmou o retorno para esta sexta.

– A bebê retirou os aparelhos e está conseguindo respirar normalmente. Conversei com o Martin hoje (esta quinta). Ele está bem mais aliviado e todos nós estamos felizes com a notícia. Ele retorna ao Rio esta sexta – confirmou o agente.

Após receber a notícia, o camisa 1 postou uma foto com um trecho de um poema do também uruguaio Mario Benedetti em sua conta no Twitter: “Cinco minutos bastan para soñar toda una vida, assim o tempo é relativo”, que em português significa: “Cinco minutos são o suficiente para sonhar por toda uma vida, assim o tempo é relativo”.

O goleiro desfalcou o Vasco na duas últimas rodadas para defender o Uruguai em um amistoso, na quarta-feira da semana passada, e foi liberado em seguida para acompanhar o nascimento da filha. Por conta do problema com a pequena Pilar, o jogador acabou ficando por mais tempo em sua terra natal com a família.

Martin Silva não está confirmado no treino desta sexta e, consequentemente, é dúvida para o jogo deste domingo, contra o Fluminense. No entanto, ele terá a atividade de sábado para se preparar para o clássico. Caso não possa atuar, Diogo Silva deve seguir na posição.

TORCIDA ABRAÇA CAUSA DE MARTIN

Apesar de estar a pouco mais de três meses no clube e ter feito apenas nove jogos, Martin Silva já é muito querido pela torcida vascaína. Sensibilizados com a situação da filha do arqueiro, um grupo de torcedores criou uma campanha nas redes sociais: #fechadocomapilar.

Os torcedores pretendem cantar o nome da filha do arqueiro no clássico na partida de domingo contra o Tricolor.

“Durante o jogo contra o Fluminense, vamos gritar e cantar o nome de sua filha! Vamos mostrar ao nosso muralha que também estamos nesta luta, pela vida de sua filhinha! Força, Pilar! Força, Martin!”, diz um trecho postado pelo perfil ‘Gol do Vascão’, que criou a campanha no Facebook.