icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
22/11/2014
13:30

De um lado, o Figueirense. Com 43 pontos e vindo de uma vitória fora de casa sobre o Botafogo que praticamente o garante na Série A em 2015.  Do outro, o Vitória,  com 38 pontos, amargando um empate em casa com o Coritiba e candidato ao rebaixamento. As duas equipes se enfrentam neste domingo, às 17h, no Orlando Scarpelli.

Para o Figueira, a vitória o tira definitivamente do risco de degola. A única dúvida para o treinador Argel Fucks era o zagueiro Thiago Heleno, que havia sido poupado do treinamento de sexta-feira e reclamava de dores musculares. Ele foi confirmado na partida, o que  acabou sendo uma boa notícia, já que o outro titular, Marquinhos, está machucado e não jogará. Para o seu lugar entrará Nirley. Outro que não joga é o lateral Cereceda. Para o seu lugar Marcos Pedroso é a opção. O meio-campista Jefferson, que cumpriu suspensão contra o Botafogo, está de volta. Mas deve começar no banco.

No time baiano, que vai se complicar de vez caso perca o seu jogo, tome mistério. O treinador Ney Franco vem escondendo a escalação até mesmo dos jogadores. Richarlyson, que retorna após cumprir  suspensão no empate com o Coritiba, disse que não sabe se jogará como volante, meia ou lateral.

E MAIS:
>> Matemático mostra o percentual de riscos para o rebaixamento. Vitória a perigo

- O treinador fez várias adaptações, não esboçou o time e nada falou com o grupo. Mas se ele optar em me trocar de posição e colocar o Juan no meio, estaremos preparados - disse.

O certo é que o jogo terá um sabor especial para o goleiro Wilson. Grande ídolo do Figueirense (jogou pelo clube entre  2008 e 2012), ele deve ser recebido com carinho pelos torcedores catarinenses.



FICHA TÉCNICA


FIGUEIRENSE X VITÓRIA

Local: Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data-hora: 23/11/2014 – às 17h
Árbitro: Dewson Freitas da Silva (PA)
Auxiliares: Vicente Romano Neto (FSP) e Marcio Gleidson (PA)

FIGUEIRENSE:  Tiago Volpi; William Cordeiro, Nirley, Thiago Heleno e Marquinhos Pedroso; Dener, França, Marco Antônio (Jefferson) e Felipe; Pablo e Marcão - Técnico: Argel Fucks.

VITÓRIA: Wilson; Nino, Kadu, Roger Carvalho e Juan (Richarlyson); Richarlyson (Juan), Cáceres, Adriano e Marcinho (Edno); Vinicius (Escudero) e Dinei – Técnico: Ney Franco.