icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/07/2013
22:54

O Figueirense derrotou o São Caetano, no Orlando Scarpelli, por 3 a 1, ultrapassou  Joinville e Paraná Clube, e está no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe do técnico Adilson Batista não fez uma partida brilhante, mas bastou para fazer o dever de casa e sair com os três pontos. O Azulão, com a derrota, segue muito perto da zona de degola, mas foi beneficiado com os resultados de Ceará e Paysandu, que também perderam na rodada.

No primeiro tempo, a partida começou com o São Caetano melhor. Jael obrigou o goleiro Tiago Volpi a fazer boas defesas para os catarinenses. Apesar disso, o Figueirense saiu na frente, com Rafael Costa. O atacante foi lançado e tocou na saída do goleiro e xará Rafael Santos, que nada pôde fazer, aos 34 minutos. Fora o lance do gol, os arqueiros só foram exigidos, por ambas as equipes, em chutes de fora da área.

Na etapa final, no primeiro lance, o zagueiro Luiz Eduardo fez falta infantil, recebeu o segundo amarelo e deixou o Azulão com dez em campo. Quem achava que, com a expulsão, o jogo ficaria fácil para o Furacão, se enganou. Danilo Bueno, camisa 10 do time paulista, arriscou de fora da área, aos 10, contou com falha do goleiro Tiago Volpi - que espalmou para dentro de suas próprias redes - e deixou tudo igual no Scarpelli.

Atrás no placar, o Figueirense lançou-se à frente, mas tinha muita dificuldade em construir as jogadas, e sofria sustos nos contra-ataques do adversário paulista. E se com a bola rolando estava dificil, a solução veio com ela parada: aos 28 minutos, acabou o drama dos catarinenses. Após cobrança de escanteio, Thiego dominou na grande área e encheu o pé para colocar os anfitriões, mais uma vez, no G4.

Aos 48, Tchô sacramentou o resultado batendo cruzado. O atacante ainda contou com falha do goleiro adversário. Com os 3 a 1, o Figueira se despediu da torcida com sensação de dever cumprido.


No outro jogo

O ABC-RN conseguiu vencer o Paysandu pelo placar de 3 a 0, mas segue na lanterna da Segundona. Guto, Pingo e Bileu marcaram o gol dos potiguares. O Paysandu também está na zona de rebaixamento do campeonato.

O Figueirense derrotou o São Caetano, no Orlando Scarpelli, por 3 a 1, ultrapassou  Joinville e Paraná Clube, e está no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe do técnico Adilson Batista não fez uma partida brilhante, mas bastou para fazer o dever de casa e sair com os três pontos. O Azulão, com a derrota, segue muito perto da zona de degola, mas foi beneficiado com os resultados de Ceará e Paysandu, que também perderam na rodada.

No primeiro tempo, a partida começou com o São Caetano melhor. Jael obrigou o goleiro Tiago Volpi a fazer boas defesas para os catarinenses. Apesar disso, o Figueirense saiu na frente, com Rafael Costa. O atacante foi lançado e tocou na saída do goleiro e xará Rafael Santos, que nada pôde fazer, aos 34 minutos. Fora o lance do gol, os arqueiros só foram exigidos, por ambas as equipes, em chutes de fora da área.

Na etapa final, no primeiro lance, o zagueiro Luiz Eduardo fez falta infantil, recebeu o segundo amarelo e deixou o Azulão com dez em campo. Quem achava que, com a expulsão, o jogo ficaria fácil para o Furacão, se enganou. Danilo Bueno, camisa 10 do time paulista, arriscou de fora da área, aos 10, contou com falha do goleiro Tiago Volpi - que espalmou para dentro de suas próprias redes - e deixou tudo igual no Scarpelli.

Atrás no placar, o Figueirense lançou-se à frente, mas tinha muita dificuldade em construir as jogadas, e sofria sustos nos contra-ataques do adversário paulista. E se com a bola rolando estava dificil, a solução veio com ela parada: aos 28 minutos, acabou o drama dos catarinenses. Após cobrança de escanteio, Thiego dominou na grande área e encheu o pé para colocar os anfitriões, mais uma vez, no G4.

Aos 48, Tchô sacramentou o resultado batendo cruzado. O atacante ainda contou com falha do goleiro adversário. Com os 3 a 1, o Figueira se despediu da torcida com sensação de dever cumprido.


No outro jogo

O ABC-RN conseguiu vencer o Paysandu pelo placar de 3 a 0, mas segue na lanterna da Segundona. Guto, Pingo e Bileu marcaram o gol dos potiguares. O Paysandu também está na zona de rebaixamento do campeonato.