icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/12/2013
14:16

A Fifa negou nesta terça-feira todas as especulações de que teria manipulado o sorteio dos grupos da Copa do Mundo, realizado na última sexta-feira, na Costa do Sauípe (BA). De acordo com a entidade, não existe qualquer fundamento nas acusações divulgadas pelo site argentino "Canchallena".

Segundo os jornalistas do site, uma fonte disse a eles que a Argentina ficaria no Grupo F. E tudo ficou mais suspeito quando um vídeo de Jèrôme Valcke, secretário-geral da Fifa, encarregado de fazer o sorteio, não mostra os papéis de cada bolinha, abaixa as mãos para um lugar sem imagem, e supostamente teria trocado para a seleção desejado.

Nesta terça, a Fifa lembrou que o sorteio foi acompanhada pela empresa de auditoria Ernst&Young, que assegurou a veracidade de todo o evento na Bahia.

Além disso, a Fifa ainda garantiu que sete câmeras, de diferentes ângulos, estavam em cima de Valcke o tempo todo, e que ele estava na mesma posição que no sorteio para a Copa do Mundo de 2010.