icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/06/2014
15:59

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, revelou que parte da segurança interna do Estádio Castelão, em Fortaleza, onde o Brasil enfrenta o México nesta terça-feira, está sendo feita pelo governo estadual. A segurança particular contratada pela Fifa apresenta falhas e há poucos vigias.

- Estamos assumindo a segurança. Há um número insuficiente de vigias e nós passamos a assumis então a segurança - declarou o ministro ao jornal Estado de São Paulo.

Segundo Cardozo, a segurança privada contratada pela entidada máxima do futebol para garantir segurança dentro da Arena falhou uma vez. O ministro admite não saber o motivo da falta de vigias e também não revelou o nome da empresa que fornece o serviço. Cardozo ainda afirmou que funcionários das forças locais vão agir no entrono do estádio também.

- Vamos suprir essa deficiência - disse o ministro que informou sobre uma reunião, realizada no último domingo, onde um dos assuntos debatidos entre as autoridades da Fifa foi justamente a segurança. De acordo com ele, o governo solicitou ajustes mas ele ressalta que essa área é de "responsabilidade da Fifa".

Segundo o jornal Estado de São Paulo, mais de 200 vigias que deveriam trabalhar na partida entre Equador e Suíça, realizada no último domingo, simplesmente não apreceram. A Fifa confirmou que está exigindo das empresas contratadas que coloquem o número combinado de vigias nas partidas. O Comitê Organizador Local também assumiu parte da responsabildiade.

No jogo entre Alemanha e Portugal, na Arena Fonte Nova, faltando 20 minutos para acabar o jogo, os portões foram abertos para permitir circulação mais rápida dos torcedores na saída. Isso permitiu que algumas pessoas conseguissem entrar sem ingressos. Após imagens de instrumentos musicais e rojões que entraram em alguns jogos da Copa, a Fifa garante que não flexibilizou o controle de acesso ao estádio. Mas também admitiu que não está verificando os nomes de um por um nos ingressos para permitir um acesso mais rápido.