icons.title signature.placeholder Igor Siqueira e Marcelo Damato
30/06/2014
15:13

Apesar de Robben ter admitido uma simulação em um lance no primeiro tempo contra o México, na tentativa de cavar um pênalti, a Fifa rechaçou a possibilidade de o atacante da Holanda ser punido pela falta de Fair Play.

- Os árbitros estão treinados para detectar a simulação e o Comitê Disciplinar só observa violações graves - disse Delia Fischer, porta-voz da entidade, dizendo que, neste caso, a posição dos árbitros é soberana:

- Um cartão amarelo pode ser dado por simulação. Mas não é possível aplicá-lo depois.

A Fifa ainda fez questão de ressaltar que defende o espírito do fair play e reforçou a instrução para que todos os jogadores o sigam.