icons.title signature.placeholder Fábio Aleixo
26/11/2013
14:24

A suspensão da federação senegalesa de basquete no último fim de semana pode abrir espaço para que um quinto convite seja disponibilizado para a Copa do Mundo da Espanha de 2014, o que poderia beneficiar o Brasil, que não conseguiu a classificação dentro de quadra.

A decisão pela suspensão foi tomada no último fim de semana, durante reunião do conselho da Federação Internacional de Basquete (Fiba), em Buenos Aires (ARG).

De acordo com a entidade máxima do basquete, os africanos não cumpriram com requisitos básicos de administração e violaram o estatuto da Fiba.

A federação senegalesa tem até o dia 1º de fevereiro, data da próxima reunião da Fiba, para solucionar os problemas e ser aceita de novo como um membro permanente.

Caso isso não ocorra, o Senegal (terceiro colocado do último Campeonato Africano) estará automaticamente excluído da Copa do Mundo.

O país a substituí-lo é um mistério. A vaga poderia ir para a Costa do Marfim, quarta colocada do torneio continental, ou então ser definida por meio de convite.

“Será uma decisão do Conselho Central como alocar esta última vaga. Este tipo de situação não está previsto no estatuto da Fiba", informou a entidade em comunicado enviado ao LANCE!.

Entre os 15 países que brigam por um dos quatro convites, existe apenas um africano, a Nigéria. Os demais são: Alemanha, Bósnia e Herzegovina, Brasil, Canadá, China, Finlândia, Grécia, Israel, Itália, Nigéria, Polônia, Qatar, Rússia, Turquia e Venezuela.

Neste ano, a federação panamenha foi suspensa pela Fiba Américas e o país não pôde disputar a Copa América de Caracas, para a qual havia se classificado. Os panamenhos acabaram substituídos pelo México, que garantiu a vaga na Copa do Mundo ao conquistar o título do torneio continental.