icons.title signature.placeholder Gabriel Cassar
22/02/2015
19:36

David Ferrer é o grande campeão do torneio de simples do Aberto do Rio. Na noite deste domingo, jogando com muita força e intensidade, características típicas de seu jogo, o espanhol "passou por cima" de Fabio Fognini, vencendo por 2 sets a 0, parciais de 6-2 e 6-3. O italiano havia derrotado Rafael Nadal nas semifinais.

O resultado mantém uma escrita de Ferrer sobre Fognini. Em oito confrontos entre os dois, esta foi a oitava vitória do espanhol, que levou para casa um prêmio de R$ 960 mil. Foi também o segundo título dele na temporada e o 23 em toda a carreira. Em janeiro, já havia faturado o ATP 250 de Doha (QAT).


A quadra central do torneio recebeu um bom público, especialmente se levarmos em conta os preços do último dia de competição, que variavam de R$ 320,00 a R$ 1200,00. Embora um pouco frustrados por não ver Rafael Nadal na decisão, os torcedores vibraram com as grandes jogadas da partida, aplaudindo de pé os dois tenistas.

No primeiro set, Ferrer começou um pouco melhor e com um ótimo aproveitamento no saque. Mais inteiro na partida, o espanhol quebrou o serviço de Fognini no quarto game e confirmou na sequência, abrindo 4-1. 

A primeira "raquetada" no chão, comum nos jogos de Fognini, veio no sétimo game: após errar um voleiro simples, com a quadra toda aberta, o italiano se descontrolou, levando as vaias do público presente na quadra central. Focado na partida, Ferrer fechou com tranquilidade a primeira parcial: 6-2.

No segundo set, Fognini voltou a arremessar a raquete e a ter o saque quebrado, também no quarto game. O italiano abusou dos erros em bolas fáceis e até em invasões na hora de servir. Embora tenha começado "mais devagar" no início da segunda parcial, Ferrer foi novamente se soltando, crescendo e tomando conta do jogo. Após a quebra, o espanhol venceu 2 games seguidos, jogando muito e contando com um desanimado Fognini, que via a derrota cada vez mais próxima.

Prestes a perder, o italiano aumentou o nível de seu jogo, conseguindo confirmar seu serviço e quebrar Ferrer, na sequência. A reação, no entanto, parou por aí: Ferrer sacou bem e levou o set, a partida e o título do Aberto do Rio.

- Essa semana tem sido muito especial para mim, aqui no Rio de Janeiro. Curti o carnaval, só não aprendi a sambar (risos). Não sei quanto tempo mais ainda tenho no circuito, então queria agradecer a todos que me ajudaram a conquistar esse troféu. Estou muito feliz -, afirmou o número 9 do mundo.

Pegando o gancho na declaração de Fognini, que afirmou ter vencido o "rei da terra" Rafael Nadal, Ferrer brincou e enalteceu Guga.

- Fabio disse que havia vencido o "rei da terra", mas o verdadeiro rei está aqui e se chama Gustavo Kuerten! -, disse o espanhol, para o delírio do público.Nas duplas, o eslovaco Martin Klizan e o austríaco Philipp Oswald venceram o espanhol Pablo Andujar e o também austríaco Oliver Marach por 2 a 0, parciais de 7-6 (3) e 6/4 e conquistaram o título.