icons.title signature.placeholder Gabriela Abrunheiro
06/07/2014
17:57

Tanto Brasil, quanto Argentina estão desfalcados para a disputa das semifinais da Copa do Mundo 2014. Mas para o ex-tenista Fernando Meligeni, argentino naturalizado brasileiro, a Seleção Nacional vai melhor sem Neymar em campo.

Fininho, como é conhecido, admite a importância do camisa 10. Mas acredita que a cobrança em cima dos outros jogadores vai ser menor e, por isso, a Seleção vai jogar de forma mais tranquila.

- É dificil você falar que o Neymar não vai fazer falta. Vai fazer muita falta. Mas eu acho que mudou o lado mental da Seleção Brasileira. Até agora via uma cobrança extrema, absurda de que tinha que jogar bem, tinha que jogar bonito, que tinha que ganhar. Agora vai tirar o peso, a seleção vai jogar muito mais solta, muito mais alegre, muito mais tranquila - disse ao LANCE!Net, em evento da Stella Artois, patrocinadora de Wimbledon.

E continou dizendo que, com a perda de Neymar, a Seleção perdeu também o favoritismo.

- Óbvio que eles querem ganhar, óbvio que a pressão da vitória e da derrota vai existir mas já não existe o favoristismo - concluiu.

Na próxima terça-feira, a Argentina enfrenta a Holanda e o Brasil enfrenta a Alemanhã em busca da classificação para a final da Copa do Mundo.