icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/07/2014
13:31

Antes do início da entrevista coletiva, a pergunta ao assessor do clube se a entrevista era mesmo necessária. A resposta foi direta. Ao sentar na cadeira e responder a primeira pergunta, muito nervosismo. Desta forma foi a primeira coletiva do lateral-esquerdo Fernando, de 21 anos, que retorna ao Tricolor após um ano emprestado ao Paços de Ferreira (POR). Perguntado se era mais fácil entrar em campo ou falar com os jornalistas, o garoto foi direto.

- Prefiro jogar do que falar porque aqui fico meio nervoso (risos). Até estava comentando com o Benjamin (assessor do clube) antes de começar aqui. O que eu quero é trabalhar com força total para conquistar meu espaço aqui no Fluminense e se Deus quiser vai dar tudo certo - respondeu o jovem sem, no entanto, perder a timidez nas respostas seguintes.

Na posição de Fernando, Carlinhos é titular absoluto. A vaga de suplente direto do camisa 6 tricolor, no entanto, ainda não foi preenchida. Com empréstimo de Ronan para o Legia Varsovia, da Polônia, Aílton e Fernando disputam esta condição dentro do elenco tricolor. Humilde, Fernando admite que sai atrás dos companheiros, mas espera contornar esta situação com dedicação nos treinamentos.

- Carlinhos é titular e vou ter que trabalhar muito porque ainda tem o Aílton ainda, que é outro bom jogador e espero corresponder quando tiver a minha oportunidade - afirmou.

Na base tricolor, Fernando chegou a atuar como meia-esquerda. Posição esta que Fernando prefere não atuar novamente no profissional. Mas deixa que se necessário, joga onde o técnico Cristovão Borges pedir.

- Gosto de jogar na lateral, aqui no Fluminense joguei mais de lateral e na base antes de subir joguei mais de meia. Mas não tenho preferência não. Onde pintar a oportunidade vou estar pronto - garantiu.