icons.title signature.placeholder Guilherme Amaro e Marcio Porto
icons.title signature.placeholder Guilherme Amaro e Marcio Porto
14/07/2013
07:03

Depois de desistir de Robinho e Kleber, o Santos tem dificuldade para contratar Fernandinho, outro atacante na mira da diretoria. Isso porque o jogador do Al-Jazira (EAU) recebe cerca de R$ 500 mil mensais entre salários e premiações e, a princípio, não está disposto a reduzir seus vencimentos para acertar seu retorno ao país.

Além disso, o Peixe teria de adquirir o atacante em definitivo, já que os árabes não aceitam liberá-lo por empréstimo e pagaram cerca de R$ 11 milhões ao São Paulo para contratá-lo no ano passado.

As negociações podem evoluir nos próximos dias, quando um representante do clube árabe deve chegar ao Brasil para definir o futuro do atacante, cuja reapresentação está marcada para o dia 24.

– Ele interessa, mas ainda está na conversa, é difícil. Ele é um dos jogadores que analisamos a possibilidade – afirmou o vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues.

Fernandinho está de férias em Ameixa, no Pernambuco, e deve ter uma reunião com seus representantes amanhã para decidir seu futuro. A negociação precisa ser rápida, já que a janela de transferências internacionais fecha na sexta-feira.

O jogador foi oferecido ao Peixe recentemente por empresários e foi mantido em segundo plano enquanto o Peixe negociava com Robinho. No entanto, sempre teve aceitação na cúpula alvinegra e, com o fracasso com o ídolo, voltou à pauta.

Para dificultar ainda mais, o Santos não deve contar com a ajuda da Teisa (Terceira Estrela Investimentos, fundo de investimentos de conselheiros ligados ao clube), já que o jogador de 27 anos não tem o perfil pretendido pela empresa.

O Santos tem pressa para fechar com dois atacantes, um do país e outro do exterior. A diretoria diz que trabalha com outras opções, mas não revela quais. A cúpula também encontra dificuldade porque alguns jogadores estão perto de fazer a sétima partida pelo Brasileirão, impossibilitando uma transferência.

Veja lances de Fernandinho, alvo do Santos
 

Depois de desistir de Robinho e Kleber, o Santos tem dificuldade para contratar Fernandinho, outro atacante na mira da diretoria. Isso porque o jogador do Al-Jazira (EAU) recebe cerca de R$ 500 mil mensais entre salários e premiações e, a princípio, não está disposto a reduzir seus vencimentos para acertar seu retorno ao país.

Além disso, o Peixe teria de adquirir o atacante em definitivo, já que os árabes não aceitam liberá-lo por empréstimo e pagaram cerca de R$ 11 milhões ao São Paulo para contratá-lo no ano passado.

As negociações podem evoluir nos próximos dias, quando um representante do clube árabe deve chegar ao Brasil para definir o futuro do atacante, cuja reapresentação está marcada para o dia 24.

– Ele interessa, mas ainda está na conversa, é difícil. Ele é um dos jogadores que analisamos a possibilidade – afirmou o vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues.

Fernandinho está de férias em Ameixa, no Pernambuco, e deve ter uma reunião com seus representantes amanhã para decidir seu futuro. A negociação precisa ser rápida, já que a janela de transferências internacionais fecha na sexta-feira.

O jogador foi oferecido ao Peixe recentemente por empresários e foi mantido em segundo plano enquanto o Peixe negociava com Robinho. No entanto, sempre teve aceitação na cúpula alvinegra e, com o fracasso com o ídolo, voltou à pauta.

Para dificultar ainda mais, o Santos não deve contar com a ajuda da Teisa (Terceira Estrela Investimentos, fundo de investimentos de conselheiros ligados ao clube), já que o jogador de 27 anos não tem o perfil pretendido pela empresa.

O Santos tem pressa para fechar com dois atacantes, um do país e outro do exterior. A diretoria diz que trabalha com outras opções, mas não revela quais. A cúpula também encontra dificuldade porque alguns jogadores estão perto de fazer a sétima partida pelo Brasileirão, impossibilitando uma transferência.

Veja lances de Fernandinho, alvo do Santos