icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes
15/11/2014
18:03

O passado de Dunga como jogador pela Seleção ganhou novos capítulos para Fernandinho a partir das histórias contadas pelo próprio treinador nas reuniões com o elenco. O volante, porém, já tinha noção sobre a reviravolta do então capitão do Tetra entre as Copas de 1990 e 1994.

E é justamente a superação do volante na Copa do Mundo nos Estados Unidos que o atual grupo usa como exemplo no processo de renovação para o Mundial de 2018.

- Dunga quando era jogador, todos nós vimos. Eu tive a oportunidade de vê-lo jogar duas Copas. Era um jogador que comandava bem o time em campo e isto faz parte do estilo dele. E ele tenta passar para nós jogadores tudo o que aprendeu como jogador. Acredito que o grupo está assimilando bem isso aí e colocando nos jogos. Os resultados estão aí - afirmou.

O jogador acredita que a derrota para a Argentina nas oitavas de final em 1990 e o título em 1994 podem guardar, de certa forma, uma semelhança com o atual momento do Brasil, que sofreu o maior revés da história da Seleção na Copa deste ano para a Alemanha e, agora, inicia reformulação.

- Vejo isso que possa acontecer. Era criança, não me lembro bem, mas depois, lendo matérias e vendo vídeos, vi que ele foi um dos jogadores mais criticados pela Copa de 90. Não sei se realmente foi o mais criticado da história, mas quatro anos depois deu a volta por cima, era o capitão do time e conseguiu exercer uma liderança boa, levando o Brasil ao título - comparou.

E Fernandinho se apega aos números para mostrar que a aposta em Dunga e a nova filosofia de trabalhado implementada pelo treinador poderá levar o Brasil ao caminho do título daqui quatro anos. Em cinco jogos com o novo técnico, a Seleção tem 100% de aproveitamento e ainda não levou gols.

- o time encontrou uma boa forma para se defender, mais compacto, a partir da marcação dos atacantes e dos meias. E é bom quando o time não leva gols e, principalmente, quando nossos atacantes criam jogadas de gols. Isso mostra que o time está no caminho certo - comentou Fernandinho.