icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
18/11/2014
19:45

Na noite desta quarta-feira, Atlético-PR x Santos se enfrentam, às 19h30, na Arena da Baixada, pela 35º rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O Furacão perdeu em casa para o Sport, na rodada passada, jogando dentro de casa, por 1 a 0. Com a derrota, o time paranaense estaciona na décima colocação, tendo somado 46 pontos.

Já o Peixe também vem de um resultado negativo e tem a mesma pontuação que o rival. O Alvinegro Praiano sofreu réves para o líder Cruzeiro, por 1 a 0, atuando em seu domínio. Os adversários desta quarta, estão praticamente "de férias" e não tem mais pretensão na competição. As duas equipes não tem chances para brigar cair ou chegar na Libertadores de 2015.

CLAUDINEI OLIVEIRA PEDE PARA FURACÃO TER DESPEDIDA DIGNA

Mesmo com o Atlético-PR não correndo mais risco de rebaixamento no Brasileirão, o técnico Claudinei Oliveira exige que a equipe mantenha o ímpeto para encerrar a competição de maneira digna. Para ele, o Furacã não deve se dar ao luxo de rebaixamento;

- Não é porque conseguimos escapar do rebaixamento que podemos jogar de qualquer jeito até o final do campeonato. Além disto, quem está jogando com a estrutura que o clube dá, em uma Arena (da Baixada) lotada, tem de estar sempre motivado.

Embora tenha cogitado um revezamento na equipe titular, o treino de terça-feira no CT do Caju indicou que o Furacão manterá a escalação da derrota para o Sport. A única novidade deve ser a volta de Douglas Coutinho, recuperado de lesão no tornozelo direito, ao banco de reservas.

ENDERSON MOREIRA NÃO DESCARTA SURPRESAS NO PEIXE

No coletivo desta terça-feira, o técnico Enderson Moreira indicou que poderá haver surpresas para o confronto diante do Rubro-Negro Paranaense. O treinador surpreendeu e deixou no ar que a formação será bem diferente, quando perdeu para o Cruzeiro. Além disso, o comandante optou jogar com três volantes, voltando ao 4-4-2 e promoveu quatro modificações na equipe.


O zagueiro Edu Dracena cumpriu suspensão pelo terceiro amarelo e retornou ao time, desta forma Neto ficou com a vaga de Uvini. Já Souza entrou no lugar que seria de Rildo. Na frente, Damião substituiu Gabriel, por opção técnica. Confirmado como titular, o meia Lucas Lima teve que se explicar a irregularidade do clube no certame nacional e prevê dias melhores em 2015.
 
- Faltou regularidade. Oscilamos muito no primeiro turno. Conseguimos uma sequência boa depois e voltamos a perder novamente. Tínhamos que parar de oscilar. Perdemos muitos jogos por detalhes. Fizemos boas partidas até em jogos que perdemos. Nosso ano não foi tão bom assim, mas temos de terminar da melhor forma. Para terminar bem, só com as vitórias. Vamos até o final - declarou o camisa 20.